Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

4EBB5535-FBF4-4EB6-B9BF-EE81DC7CB09C.jpeg

 

Em 2016 fiz um post sobre a pílula do dia seguinte (ver AQUI), pelo que não me vou alongar muito sobre este assunto. Nesta altura, as dúvidas sobre este medicamento parece que continuam e o seu uso abusivo veio agora ser comprovado em números.

 

Nos últimos seis anos, a venda de embalagens desta pílula aumentou mais de 45%. Em 2017, foram vendidas 22 caixas destes fármacos por hora, o valor mais alto de sempre e que representa uma subida de mais de 13% em relação a 2016.

 

Trata-se de uma contraceção de emergência e, como tal, estes números são difíceis de explicar. Será que de repente, toda a gente se esqueceu de tomar a pílula diária? Ou será que os preservativos passaram a ter menos qualidade e começaram a romper? Mais grave ainda, terá aumentado o número de violações? Não me parece...


“A Ordem dos Farmacêuticos quer voltar a ter apenas nas farmácias alguns medicamentos não sujeitos a receita médica que hoje se vendem noutras superfícies, entre os quais a contraceção de emergência, para evitar o uso abusivo”. Este assunto foi notícia em vários jornais em setembro do ano passado. Será esta a solução? Pode não ser tudo, mas realmente a pílula do dia seguinte, sendo um medicamento seguro, deve ter um aconselhamento feito por quem realmente percebe do assunto.

Poderá não ser só vendida nas farmácias, pois muitos dos nossos colegas farmacêuticos estão nas parafarmácias e sabem aconselhar, mas isto continua a ser uma exceção. Nas farmácias e nas parafarmácias, os farmacêuticos têm que ter consciência de quem têm ao balcão a prestar um serviço na área da saúde. Vender só para atingir objetivos tudo o que não é sujeito a receita médica, não pode continuar a acontecer nos nossos espaços de saúde.

 

Uma educação sexual impõe-se com urgência e a farmácia pode e deve dar uma grande ajuda neste campo. Recordando o post anterior (Novos serviços nas farmácias a partir de Maio), este é um serviço que deve estar incluído na “promoção de campanhas e programas de literacia em saúde”. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:33

Novos serviços nas farmácias a partir de Maio

por dicasdefarmaceutica, em 10.04.18

16F2F850-9D43-45E0-8E36-99679051C9F3.jpeg

 

As farmácias comunitárias tiveram uma grande evolução em termos de serviços prestados nos últimos anos, daí a recente Portaria (97/2018) publicada em Diário da República, que define os serviços que poderão ser prestados aos utentes a partir de Maio de 2018.

Longe vai o tempo em que íamos à farmácia só para comprar os medicamentos. Para sustentabilizar este sector, dado que a margem nos medicamentos tem vindo a baixar ao longo dos anos, alguma coisa tinha que ser feito. A prestação de serviços em prol do doente, na prevenção da doença e na promoção de estilos de vida mais saudáveis, é de certeza a melhor opção, aproveitando o conhecimento dos farmacêuticos nestas áreas, com a ajuda de outros profissionais de saúde, que nos podem acompanhar nesta nova fase da vida das nossas farmácias.

 

Mantêm-se os serviços já existentes:

- Administração de medicamentos

- Prestação de primeiros socorros

- Serviços de apoio domiciliário

- Ultilização de meios auxiliares de diagnóstico e terapêutica

- Administração de vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação

- Programas de Cuidados Farmacêuticos

 

A estes serviços, juntam-se agora:

- Consultas de nutrição

- Programas de adesão à terapêutica e de reconciliação terapêutica

- Preparação individualizada de medicamentos

- Programas de educação sobre dispositivos médicos

- Alguns serviços simples de enfermagem, nomeadamente tratamento de feridas e cuidados a doentes ostomizados, bem como cuidados de nível 1 na prevenção e tratamento do pé diabético, de acordo com as orientações estabelecidas pela Direção-Geral da Saúde.

- Realização de testes rápidos para o rastreio de infeções HIV, VHC e VHB, incluindo o aconselhamento pré e pós teste e a orientação para as instituições hospitalares dos casos reativos, de acordo com as redes de referenciação hospitalar aprovadas e os procedimentos estabelecidos pelas entidades do Ministério da Saúde com competência na matéria.

- Promoção de campanhas e programas de literacia em saúde, prevenção da doença e de promoção de estilos de vida saudáveis.

 

Convém salientar que os serviços referidos anteriormente têm de ser prestados nas condições legais e regulamentares e por profissionais legalmente habilitados.

Para a prestação de alguns destes serviços, as farmácias devem dispor de instalações adequadas e autonomizadas, o que já acontece em grande parte delas.

 

Todos os utentes vão ganhar com estes novos serviços “perto de casa” e todos os profissionais de saúde devem acompanhar e ajudar as farmácias e os utentes, de forma a que tudo se complemente.

 

 

 



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:41

Farmácias pelo mundo - Vietnam (continuação)

por dicasdefarmaceutica, em 27.03.18

0A346753-C815-451E-B49E-0332FBF71506.jpeg

Conforme prometido no último post (ver AQUI), aqui ficam mais algumas farmácias espalhadas por este país fantástico chamado Vietnam. Com hábitos e costumes muitos diferentes dos nossos, até as farmácias têm um “toque oriental” bem diferente.

 

Continuando a viagem de Sul para Norte, a cidade de Hué fica no centro do país, tendo sido a capital até 1945.

EB5CCF9C-BE2D-4026-9BCB-2166C5044874.jpeg

23F8936F-F85F-47F9-ABF3-348B723B8330.jpeg

CFBD597A-7F19-4828-AB76-F9316ACE0987.jpeg

70D59B30-937A-47AD-8C31-23710C75FBC0.jpeg

 

Um pouco mais a Norte, fica Hanói, a capital do país. O seu caótico centro histórico e o movimento das motas que circulam por todo o lado e por todos os sentidos, são características desta cidade tão representativa do que é o Sudeste Asiático.

90984958-99E6-4CD6-A0A7-D5929023C4E1.jpeg 

A82C3AB8-E9CC-4E78-A42F-8870DD33653F.jpeg

BEF58497-CF28-4598-A688-A0B508479BFA.jpeg

61435E1B-D06A-40DA-98F0-B9D91C86E6FF.jpeg

5B4553B6-C4BD-415A-BC2D-06A1290C5AF5.jpeg

 

A viagem seguiu para Sapa, zona montanhosa mais ao norte do Vietnam, com uma cultura muito própria e uma beleza inigualável.

A8F36F16-59F2-42AF-B839-489B20196EDE.jpeg

E9D1A0A2-5C75-4D15-B676-87AFA3DF4849.jpeg

75496AB1-CD68-46CC-B2D3-69569C8D0743.jpeg 

D0B6773A-8ACE-4904-BE33-EA6EA053CE68.jpeg

AA6075BD-A51A-416F-802F-2A2A88932BDB.jpeg

 

Com um povo que vive de tudo aquilo que vende, as farmácias não fogem à regra e convivem lado a lado com os vendedores de rua e com os cafés que se instalam à sua porta.

 

CCF98682-FBED-4F07-9E62-86EB8CE2156E.jpeg

 

Ficamos a aguardar por uma próxima viagem. Quando? Para onde? Ainda não sei...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:35

Farmácias pelo mundo: Vietnam

por dicasdefarmaceutica, em 16.03.18

44F0B409-8782-421B-B536-82DFB0AB015D.jpeg

 

Vietnam é um país do sudeste asiático, no mar da China Meridional. Como sempre, em passagem pelas cidades, o telemóvel dispara sempre que repara numa farmácia. Cá está a primeira, na cidade frenética de Ho Chi Minh. Não foi fácil fotografar no meio de tantas motas que não páram nunca de passar...

 

62636735-BE44-4451-9E4F-A140210B1D39.jpeg

 

7D4F22B3-1254-48BE-BEEC-74ADF00CC8CF.jpeg

 

A viagem seguiu para aquela que é considerada por muitos como a cidade mais bonita do sudeste asiático, Hoi An. Tem tudo o que podemos esperar por estas bandas: praia, campos de arroz, animação, lojas fantásticas, comida da melhor e um centro histórico lindíssimo, caracterizado pelos seus balões e lanternas coloridas. 

As farmácias lá estavam, típicas e frequentadas por locais, estacionando à porta as suas bicicletas ou motas e sabendo muito bem o que vinham compras.

 

CBF842AA-F2B7-4C1F-A0AF-88BDEFD70D66.jpeg

 

5CEBBE97-F000-4B3E-A734-7524990AA8EE.jpeg

 

8ABCF8E0-8A2F-4AD7-8276-82A73A1DE904.jpeg

 

E1E05924-5A58-48E5-BC24-375633A7D301.jpeg

 

 Amanhã há mais...

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Farmácias Holon no Mercado de Natal de Almada

por dicasdefarmaceutica, em 13.12.17

FDC502FF-EFD0-4246-9F4A-C50E8BC84247.png

É na minha zona e eu tenho que divulgar. Mercado de Natal soa bem, mas normalmente, não estão associados à saúde.

Já é pela segunda vez que as farmácias Holon da zona de Almada se juntam a esta iniciativa para “avaliarem a saúde” de quem por ali passa.

O objetivo é sensibilizar a população para a importância da adoção de estilos de vida saudáveis, sobretudo nesta época do ano que se cometem mais excessos alimentares. Vai até haver um workshop-Showcooking, com ideias para umas refeições de Natal mais saudáveis.

 

8C033ACD-BED5-4A7C-8F22-0ACFF47DF2C3.png

Por mim, se nos “portarmos mal”, em termos de alimentação, só no Natal, acho que não faz mal. Ficam, no entanto, as ideias para os restantes dias desta época festiva, que tem tendência a prolongar-se por vários dias. 

 

Além da cozinha, os visitantes poderão realizar avaliações gratuitas de Podologia, Risco Cardiovascular e Nutrição.

Apareçam na Praça S. João Batista, em Almada! Os farmacêuticos estarão por lá para o ajudar e com mais algumas surpresas neste Natal...

 

 


 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:22

 

IMG_7779.JPG

 

Já falei AQUI sobre o programa solidário Abem e a sua principal função: garantir que todos os portugueses tenham acesso aos medicamentos que precisam. Este programa já tem  permitido que muitos cidadãos carenciados (referenciados pelas entidades locais) tenham acesso a toda a terapêutica comparticipada que lhes foi prescrita. 

 

Dizem os números que um em cada cinco portugueses não têm dinheiro para comprar todos os medicamentos prescritos pelo seu médico. Muitas vezes por vergonha não se queixam, e só quando as consequências da falta da medicação aparecem é que são diagnosticados como cidadãos com necessidade de ajuda nesta área.

Com o programa Abem, basta dirigirem-se à farmácia com o cartão que os identifica e os medicamentos são aviados para que a terapêutica instituída seja feita de uma forma correta. Os farmacêuticos têm aqui um papel crucial pois, além de poderem ser os primeiros a identificar estas necessidades, podem também ajudar estas pessoas a fazerem a sua medicação de uma forma responsável.

 

Arrancou ontem nas farmácias uma campanha com o mote "Dê Troco a Quem Precisa", que pretende ajudar os mais carenciados, aqueles que não têm dinheiro para comprar medicamentos.

Esta campanha apela à solidariedade, convidando a doar o troco resultante das compras efetuadas na farmácia. O montante angariado será integralmente aplicado na comparticipação de medicamentos a pessoas que não têm capacidade para os adquirir.

 

Já sabe: quando for à farmácia, se puder, "Dê o troco a quem precisa"!

A campanha decorre de 4 de novembro a 24 de dezembro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:51

"Sabe o Tamanho dos seus Pulmões?"

por dicasdefarmaceutica, em 27.10.17

IMG_8861.PNG

 

No âmbito do Dia Mundial da DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica), a Fundação Portuguesa do Pulmão (FPP), em parceria com as Farmácias Holon, promovem, durante o mês de novembro e dezembro, espirometrias gratuitas em 138 farmácias. A iniciativa tem como objetivo a deteção precoce de uma doença que afeta já 800 mil portugueses e que se prevê seja a terceira causa de morte em 2020.

 

A DPOC é uma doença que se manifesta pela falta de ar, dispneia crónica e progressiva, tosse crónica e produção de expetoração e é causada pela destruição irreversível do tecido pulmonar.

O tabaco é um dos principais fatores de risco, sendo responsável por cerca de 90% dos casos em Portugal. Também a exposição a poeiras, fumos e poluição são fatores que podem originar o aparecimento da doença, pelo que as pessoas que recentemente foram expostas aos fumos dos incêndios e que tenham alguns sintomas, devem procurar ajuda.

 

Alguns dos sintomas da DPOC:

- Tosse diária
- Catarro diário
- Falta de ar, em especial durante exercício físico
- Cansaço anormal


A espirometria é o primeiro meio de diagnóstico da DPOC e é um teste simples de realizar e que não causa dor. Trata-se de um teste que mede a obstrução das vias aéreas e a capacidade respiratória. Este teste é essencial para que a doença seja bem diagnosticada e não subvalorizada. 

 

A campanha "Sabe o Tamanho dos seus Pulmões" vai decorrer em várias farmácias do país e "resulta de um compromisso entre a Fundação Portuguesa do Pulmão e as Farmácias Holon, para o desenvolvimento da saúde respiratória em Portugal, ao nível da qualidade, acessibilidade e equidade dos cuidados, diagnóstico e tratamento."

 

Para finalizar e porque é um assunto do dia, veja a página da Sociedade Portuguesa do Pulmão sobre Incêndios Florestais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:49

IMG_8851.JPG

Foi ontem entregue no Centro de Congressos de Lisboa, o Prémio João Cordeiro - Inovação em Farmácia.

"O Prémio João Cordeiro – Inovação em Farmácia pretende apoiar e premiar projetos originais, no âmbito da intervenção e do conhecimento em Saúde, que promovam o espírito de inovação e desenvolvimento nas farmácias."

 

Não costumo falar deste género de iniciativas, mas hoje faz todo o sentido falar deste Prémio com o nome do ex-presidente da Associação Nacional de Farmácias, pois os vencedores deste ano têm no tema duas das minhas grandes paixões: Farmácia e Viagens.

O vencedor da edição 2017 do Prémio João Cordeiro foi o projeto "Rede de Farmácias Amigas do Viajante”. Parabéns!

 

Trata-se de um projeto da responsabilidade do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade da Beira Interior.

"Aproveitando a rede de farmácias comunitárias e o conhecimento especializado do farmacêutico, o projeto pretende apoiar o viajante na prevenção da doença através de um aconselhamento adequado, fácil e ágil, com recurso a uma aplicação móvel."

Vejam o vídeo da apresentação desta ideia fantástica, que vai ser concretizada:

 

 

 

 

Todos nós gostamos de ideias inovadoras com valor para a sociedade portuguesa. Este prémio tem uma vertente que me agrada particularmente, que é o facto de não se destinar apenas a farmacêuticos, mas sim a todos aqueles, independentemente da área de conhecimento, que possam acrescentar valor às Farmácias e à Saúde dos portugueses.

 

Cada vez que se aproximam as férias, escrevo sobre viagens e como garantir uma viagem em segurança em termos de saúde (ver AQUI um exemplo). Felizmente, dentro de pouco tempo, irei também dar notícias sobre esta "Rede de Farmácias Amigas do Viajante". Vamos aguardar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:54

Roadshow - "SALVE A SUA PELE"

por dicasdefarmaceutica, em 10.07.17

IMG_8749.PNG

 

De 17 a 21 de julho as Farmácias Holon organizam o ROADSHOW “PROTEÇÃO DE VERÃO - SALVE A SUA PELE”, que procura sensibilizar as pessoas para a importância da proteção solar na prevenção do cancro da pele.

 

Inês Dias, farmacêutica do Serviço Dermofarmácia Holon e coordenadora deste projeto, explica a importância da iniciativa: “Vamos ter uma equipa de cinco farmacêuticas especializadas que vão realizar uma avaliação cutânea gratuita a todos os visitantes deste Roadshow. É fundamental explicar às pessoas que a exposição solar exagerada e repetida pode causar sinais de envelhecimento, lesões crónicas ou até mesmo cancro da pele! O Protetor Solar deve ser usado sempre, mesmo nos dias nublados, e de acordo com as características de cada tipo de pele”.

 

O Roadshow irá decorrer em 5 praias, de norte a sul do país:

Dia 17 - Carcavelos
Dia 18 - Costa da Caparica
Dia 19 – Nazaré
Dia 20 – Matosinhos
Dia 21 - Faro

 

As Farmácias Holon fizeram um resumo para lhe ensinar a escolher o protetor solar:

 

IMG_8748 (1).PNG

 

Além disto, nunca se esqueça que o protetor deve ser colocado numa quantidade generosa, que cubra toda a área exposta e deve ser regularmente reposto (de 2 em 2 horas). Também é importante lembrar que o Sol brilha em todo o lado, por isso o protetor solar não deve ser um produto exclusivo da praia.

 

Aproveite bem o Sol, pois aproveitado de uma forma responsável, é um dos elementos mais importantes para a vida, ajudando no fabrico da vitamina D, fundamental para o desenvolvimento ósseo, além de ter muitas outras vantagens por nós tão apreciadas. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:45

Pirilampo Mágico 2017: "Queremos voar"

por dicasdefarmaceutica, em 04.05.17

image_2017-05-04_17-29-49.png

 

O Pirilampo Mágico está de volta. Este bonequinho já faz parte das nossas vidas e é um dos maiores símbolos de solidariedade social em Portugal.

A campanha decorre anualmente, no mês de maio, sendo vários os locais que vendem o Pirilampo para angariar fundos, que serão posteriormente entregues às CERCI`s e outras organizações congéneres.

A "Informação e Sensibilização da opinião pública sobre a problemática da pessoa com deficiência intelectual e/ou multideficiência procurando salvaguardar o direito à igualdade de oportunidades e o exercício da cidadania plena deste tipo de população" é o objetivo principal desta campanha.

 

As Farmácias também colaboram nesta campanha. Pelo sétimo ano consecutivo, as Farmácias Holon associam-se à  FENACERCI (Federação Nacional de Cooperativas se Solidariedade Social) nesta causa.

Como explica Sofia Coelho Silva, Diretora de Marketing das Farmácias Holon, "é fundamental sensibilizar para a importância de uma sociedade equitativa, que promove o respeito pelo outro e a inclusão na sociedade nas suas mais variadas dimensões: profissional, económica, cultural e social. Acreditamos no valor da Pessoa e que todos devem ter acesso às mesmas oportunidades”.

 

O slogan da campanha deste ano,“Queremos Voar” significa a emancipação da pessoa com deficiência, o direito que têm a ser ouvidos e a verem respeitadas as suas escolhas. Por outro lado, e celebrando-se em 2017 o Ano Europeu do Turismo Acessível, esta mensagem indica a necessidade de se criarem condições para que as pessoas com deficiência possam, com alguma segurança e facilidade, conhecer novas realidades e novas formas de pensar.

 

Por apenas 2€, vá a uma farmácia Holon aderente e ajude as pessoas com deficiência a voar!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:49

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog