Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Prevenir e tratar as doenças de Inverno

por dicasdefarmaceutica, em 11.12.18

0B34E9CE-5FDA-40D7-AE0E-509D29D77B51.jpeg

Chegou o frio e com ele as temíveis gripes. Como prevenir? A vacinação é a melhor e quase a única forma de prevenir a gripe e felizmente, já muita gente foi vacinada desde Outubro.

Contudo, existem algumas medidas básicas para prevenir esta doença de Inverno. Vou mencionar algumas delas:

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão;
  • Reduzir o contacto próximo com pessoas com gripe;
  • Evitar espaços fechados e com muitas pessoas;
  • Evitar mudanças bruscas de temperatura;
  • Usar várias camadas de roupa e proteger as extremidades do corpo (usar gorro, luvas e cachecol);
  • Manter a temperatura da casa entre os 18ºC e os 21ºC e vedar as fendas das portas e janelas.
  • Beber bebidas e alimentos quentes.

159D7852-1189-4BD3-9F28-172A1C807979.jpeg

Muito importante também é ter sempre em casa um “Kit Farmácia Inverno” preparado para qualquer contratempo:

  • Termómetro (o que gostar mais, digital ou de infravermelhos, desde que o utilize segundo as instruções do referido aparelho);
  • Antipirético (para baixar a febre, por exemplo paracetamol);
  • Anti-histamínico (particularmente importante para as pessoas com tendência para alergias nesta época do ano ou que tenham frequentemente o nariz a pingar);
  • Antigripal (são muitos os existente no mercado, “atacando” os primeiros sintomas de gripe ou até de uma simples constipação. Atenção aos princípios activos destes antigripais, pois podem não ser os indicados para o seu caso!);
  • Descongestionante nasal (pode ser um simples soro fisiológico, uma água do mar ou algo mais forte para uma descongestão mais eficaz. Pode escolher em spray ou em gotas);
  • Analgésico (para as dores, sobretudo de cabeça, por exemplo, o paracetamol);
  • Pastilhas para a garganta (à base de eucalipto, limão, com ou sem anti-inflamatório, são muitas as escolhas...);
  • Anti-inflamatório (quando as dores de garganta não passam, um ibuprofeno, por exemplo, tomado durante três dias de acordo com as indicações, pode ser o suficiente para evitar o agravamento da doença);
  • Mucolíticos e expectorantes (para facilitar a libertação de secreções, são os chamados xaropes para a tosse com expectoração);
  • Antitússicos (utilizados apenas em casos pontuais, quando se trata de uma tosse seca e irritadiça);
  • Hidratantes (mãos, lábios e corpo, fundamentais para evitar frieiras e lábios gretados, tão comuns nesta época do ano).

Não esquecer nunca que todos os medicamentos devem ser tomados de acordo com as indicações do médico ou do farmacêutico!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:29

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog