Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




image.jpg

 No dia 5 deste mês falei AQUI da criança que estava gravemente doente em Espanha por não ter sido vacinada contra a difteria.

 

Pois é, o menor de 6 anos que, por opção dos pais, não foi vacinado contra esta doença, acabou por não resistir.

Apesar de um mês de tratamentos com antibióticos e de um tratamento antioxinas que teve de ser importado da Rússia, a doença foi mais forte e voltou a fazer o que aconteceu a tantas vítimas antes da vacinação se tornar prática corrente nos países desenvolvidos.

 

Será necessário começarem a aparecer casos como este, para alguns pais reflectirem melhor sobre as suas opções? Será que temos todos que começar a andar preocupados com as opções dos pais dos amiguinhos dos nossos filhos?

 

Apetece-me pedir: por favor, sigam o conselho dos pediatras e vacinem os vossos filhos! Lembrem-se que, a seguir à melhoria da qualidade da água e ao saneamento básico, a vacinação é o factor mais importante para a redução da mortalidade infantil!

publicado às 22:23

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Junho 2015

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog