Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Encarar a Menopausa com naturalidade

por dicasdefarmaceutica, em 29.05.15

image.jpg

 

Se tivermos em conta que a esperança de vida em Portugal é de 86 anos, a menopausa dura, em média, 36 anos, pois ocorre por volta dos 50 anos.

Como é uma fase longa, é bom que a mulher esteja preparada para a enfrentar da melhor forma, não a catalogando como o início da velhice. Cuidar mais de si, adoptando um estilo de vida saudável, é o mote. A alimentação, o exercício físico e as horas de sono devem ser a sua grande prioridade.

É importante que a menopausa seja encarada com naturalidade, apesar de trazer com ela alguns sintomas, como os afrontamentos e os suores noturnos, sentidos por 75% das mulheres que estão nesta fase.

 

A terapêutica hormonal é muitas vezes uma alternativa ponderada pelo médico e pela mulher, mas deve ser feita por um tempo limitado e é muitas vezes evitada, por receio do cancro da mama.

 

Uma alternativa terapêutica inovadora, disponível no mercado português há relativamente pouco tempo, são os comprimidos FEMAL. Trata-se de um suplemento 100% não hormonal, sem presença de isoflavonas ou de outros fitoestrogénios, o que torna a sua utilização segura para todas as mulheres.

 

A dose é de 2 comprimidos por dia e os primeiros sinais de melhora aparecem geralmente no segundo mês.

A interrupção do uso pode levar a um reaparecimento dos sintomas, sendo portanto aconselhável continuar a tomar FEMAL para uma eficiência contínua.

 

FEMAL tem na sua composição extratos de pólen, pólen pistilo e vitamina E e pode ser tomado com segurança. E o pólen? As alergias? Não tem qualquer problema, pois os extratos de pólen utilizados na formulação do FEMAL foram especialmente tratados para eliminar os alergénios e os riscos de reacções alérgicas. Pessoas que sofram de alergia ao pólen podem tomar FEMAL.

 

Vou deixar-vos aqui um testemunho da Dra. Conceição Telhado, médica e coordenadora do serviço de Ginecologia - Obatetrícia do Hospital Cuf Descobertas:

 

"Na minha prática clínica, FEMAL revela-se uma boa opção terapêutica para muitas mulheres. Num estudo realizado com mulheres sintomáticas 93,5% consideraram o produto eficaz; 77,55% aceitaram continuar o tratamento após 23 meses e 98% acharam que tinha boa tolerância.

Os resultados terapêuticos não são imediatos, embora variem de mulher para mulher. Pelo que observo, em algumas mulheres são sentidos ao fim do primeiro mês e noutras ao fim do segundo mês de tratamento, daí recomendar sempre um mínimo de 2 meses para avaliação do resultado. Como o perfil de segurança do produto é extremamente elevado, a terapêutica pode ser mantida durante o tempo que for necessário com total segurança".

 

Para as minhas amigas (da minha idade) e para as leitoras do blog que estão nesta fase, aqui fica esta dica de farmacêutica...

image.jpg

 

 

publicado às 15:53

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2015

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

  Pesquisar no Blog