Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lojas de "cosmética farmacéutica" em Espanha

por dicasdefarmaceutica, em 10.06.14

Estou de visita a Bilbau e deparo-me com um conceito que, para mim é novidade: lojas de "cosmética farmacéutica". Não são farmácias nem parafarmácias, vendem apenas produtos de dermocosmética.
Estas lojas vendem os produtos para a pele e para o cabelo que se vendem nas farmácias e nas parafarmácias, mas não vendem mais nada; são especializadas só em dermocosméticos, aqueles produtos que podemos dizer: "são para a pele e estão entre os medicamentos e os cosméticos habituais".

Passei também por algumas farmácias. São semelhantes às nossas no atendimento e nos produtos que vendem, mas têm muitos serviços de "aconselhamento farmacêutico" anunciados, nomeadamente, consultas de seguimento farmacoterapêutico. Posteriormente, dedicarei um post a este assunto.

As farmácias que vi são mais tradicionais, mais pequenas e posso dizer, mais "modestas"do que a grande maioria das farmácias portuguesas. O horário é das 9h00 às 14h00, fecham três horas para almoço e encerram às 20h00. Entre as mais de vinte farmácias que "espreitei", apenas uma estava aberta das 9h00 às 22h00.
Aqui ficam algumas imagens:



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:27

Em viagem

por dicasdefarmaceutica, em 07.04.14

Em viagem, cada destino tem a sua especificidade e, como preparar o "kit de viagem" para fazer uma viagem segura, será um dos objetivos deste capítulo.
Mostrarei também as farmácias que vou encontrando enquanto viajo. É curioso como, a este nível, cada parte do globo tem os seus hábitos, as suas leis e como a maneira de lidar com a doença é tão diferente de país para país.
De qualquer forma, seja em África, na Europa ou na Ásia, a assistência farmacêutica existe e revela-se de grande importância para as populações.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58

Farmácias no Sri Lanka

por dicasdefarmaceutica, em 28.03.14
O sistema de saúde no Sri Lanka é bem diferente daquele a que estamos habituados. O tratamento médico urgente não é facilmente disponível fora de Colombo, a capital. No entanto, por todo o pais encontramos farmácias, mais ou menos "arrumadas", onde vemos que as regras e as leis são bem diferentes consoante o local. Entrei numa das farmácias, falei com as empregadas ( que de farmacêuticas não tinham nada) e verifiquei que, apesar de terem alguns cosméticos com embalagens bem antigas de marcas conhecidas, os medicamentos eram, sobretudo à base de plantas, apesar de não se tratar de uma farmácia ayurvedica. Havia, no entanto, panadol, aspirina e muitas caixinhas numa ordem que não entendi, bem diferentes das que conheço. Aqui ficam algumas imagens...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:32

Farmácia Ayurvedica

por dicasdefarmaceutica, em 27.03.14

Na minha viagem ao Sri Lanka foi comum o encontro com estas farmácias Ayurvedicas, não muito comuns na Europa.
Ayurveda é o nome dado ao conhecimento médico desenvolvido na Índia há cerca de 7000 anos e que significa o conhecimento (veda) da vida (ayur) humana.
A medicina Ayurvedica olha para a pessoa como um todo, observando a interação entre a mente, o corpo e o espírito e a sua relação com o meio envolvente.
Todos os tratamentos têm como objetivo alcançar a harmonia, promovendo a manutenção da saúde e prevenindo o aparecimento da doença - " Nós tratamos o paciente e não a doença".
Em cada frasco de medicamentos há combinações de raízes, sementes e folhas. Os laboratórios lembram cozinhas...
Para dar um exemplo, é muito comum começar um tratamento eliminando as toxinas do corpo; para tal, utilizam um chá que leva cominho em pó, pimenta preta moída e gengibre fresco ralado.
Há medicamentos para tudo: indigestão, fígado gordo, colesterol, caspa, depressão, enfim, para todos os males que possam causar algum desequilíbrio no corpo humano.
Sou farmacêutica e acho que, quase tudo se trata com químicos mas, tenho sempre alguma curiosidade em pesquisar estas medicinas alternativas que, começam, também entre nós, a ter alguns adeptos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

Citronela no combate aos mosquitos

por dicasdefarmaceutica, em 08.03.14
Dada a quantidade de mosquitos que há no Sri Lanka e vendo o estado da perna do meu marido após 5 segundos no meio da selva, resolvemos "atacar" com um produto recomendados por um local: Creme de Citronela.



A Citronela é uma planta que pode ser facilmente cultivada nos países tropicais; é uma planta que contém óleos essenciais e é muito utilizada no fabrico de repelentes.


Comprámos um leite/creme de citronela, sem agentes sintéticos adicionados; é eficaz contra melgas, moscas, mosquitos e outros pequenos insectos.
Modo de utilização: agitar bem e aplicar nas zonas do corpo expostas; nos países tropicais, aplicar cada 3-4 horas.
Existe também o óleo de citronela, que é aplicado em casa, sob a forma de vaporizador e é bastante eficaz como repelente.
Esta dica da citronela é muito boa mas, como todos os produtos, por ser natural, não quer dizer que seja tolerada por todas as pessoas. Além de poder provocar algumas alergias, há que ter uma atenção especial com as crianças de pele sensível e com os bebés com menos de 12 meses!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:15

Dicas para lidar com o Jet Lag

por dicasdefarmaceutica, em 05.03.14

Após longa viagem, cheguei ao Sri Lanka às 8h00 locais, com apenas 2 horas de sono feitas no avião.
Aguentei o dia todo da chegada sem dormir, apesar do cansaço devido ao jet leg; não é de estranhar que o nosso "relógio biológico" se desoriente quando atravessamos vários fusos horários e alternamos a sequência habitual do dia e da noite.
Os sintomas do jet leg variam de pessoa para pessoa, sendo os mais comuns: distúrbios do sono, insónia, cansaço, dores de cabeça, problemas de estômago e intestinais.
Existem, no entanto, algumas dicas para reduzir os efeitos do jet lag:
- Dormir na noite anterior ao voo
- Evitar fazer refeições pesadas e beber bebidas excitantes
- Usar roupas largas e sapatos confortáveis (tenho sempre alguma dificuldade em cumprir esta porque adoro saltos...mas, desta vez, cumpri)
- Beber água frequentemente, pois a hidratação é fundamental durante toda a viagem
- Não estar sentado de pernas cruzadas
- De 2 em 2 horas, levantar-se, esticar os braços e as pernas e andar um pouco
- Durante as escalas, caminhar no aeroporto e sentar-se com as pernas para cima
- Quando chegar ao destino, tomar um duche revigorante e passar o máximo tempo possível no exterior ou em locais com janela (passámos o dia na praia a repousar)
- Organizar a agenda, de modo a não ter actividades exigentes à chegada
- dormir só quando chegar a noite

Cumprindo estas dicas, a viagem faz-se melhor e, chegando ao destino, rápido esquecemos esta "história" chamada jet lag.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30

Transporte do "kit" de farmácia até ao Sri Lanka

por dicasdefarmaceutica, em 26.02.14
Como vou transportar todos aqueles medicamentos até ao Sri Lanka?
Na realidade, os medicamentos devem ser sempre transportados nas suas embalagens originais (caixas, blisters ou frascos e folhetos informativos). Neste caso, dada a quantidade de medicamentos que vou levar, seria necessário um saco só para a farmácia, por isso, vou facilitar.
Conservo os medicamentos nos blisters (que têm inscrito o nome e a validade) e coloco-os numa bolsa de fácil transporte.

Os folhetos informativos, em caso de qualquer dúvida, vão presos numa mola e, deste modo, cabem em qualquer cantinho da mala.

Na mala de mão, levo uma daquelas caixas que as farmácias amavelmente nos oferecem e que dão muito jeito nestas ocasiões; nesta caixa levo comprimidos analgésicos e antipiréticos, um anti-alérgico e um comprimido para dormir. Levo ainda comigo as gotas descongestionantes para o nariz, que podem ser úteis durante a aterragem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38

Viagem ao Sri Lanka - "kit" de farmácia

por dicasdefarmaceutica, em 25.02.14

Estou de partida para uma viagem de férias de família ao Sri Lanka.
Convém sempre viajar com um "kit" de farmácia básico, de modo a salvaguardar qualquer imprevisto.
Para o Sri Lanka, acrescentei mais alguns medicamentos, uma vez que se trata de um país em que o acesso a qualquer tratamento pode estar a algumas horas de distância (100 Km, em média, demoram 3 horas a fazer) e os cuidados básicos de saúde não são os melhores.
Partilho aqui a lista de medicamentos que fiz para levar:

- Analgésicos (dores) e antipiréticos (febre) . Ex: Ben-u-ron, Brufen, Aspirina 500
- Gotas descongestionantes para o nariz (também vão dar jeito no avião). Ex: Vibrocil
- Medicamento para a diarreia. Ex: Imodium (o rapid dissolve-se na boca e é mais rápido a actuar)
- Normalizador da flora intestinal. Ex: UL 250 (comprimidos ou saquetas)
- Sais de re-hidratação oral. Ex: Redrate
- Anti-histamínico (alergias). Ex: Fenistil
- Repelente de insectos e stick para alívio rápido das picadas
- Solução desinfectante (pode ser em toalhetes)
- Pomada com antibiótico. Ex: Bacitracina
- Pomada anti-fúngica. Ex: Canesten
- Antiácidos (azia e indigestão). Ex: Pastilhas Rennie
- Antiespasmódico (dor e desconforto abdominal). Ex. Buscopan
- Comprimidos para o enjoo. Ex. Vomidrine
- Pensos rápidos
- Protector solar
- Antibiótico de largo espectro (pedir receita e aconselhar-se com a médica de família)

Além destes medicamentos, terei que incluir a medicação crónica que, no nosso caso, ainda não é muita: Daflon 500 para dois elementos da família com problemas circulatórios, uns comprimidinhos que me vão ajudar a dormir nas viagens e uns comprimidos à base de Caroteno para uma proteção adicional à pele.
É verdade, antes de fazer esta lista, tive o cuidado de me certificar não ser necessário qualquer vacina ou terapêutica prévia para aquela zona.
Francamente, espero trazer o meu "kit" de farmácia com muito pouco uso.
-

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Janeiro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog