Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




"Sabe o Tamanho dos seus Pulmões?"

por dicasdefarmaceutica, em 27.10.17

IMG_8861.PNG

 

No âmbito do Dia Mundial da DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica), a Fundação Portuguesa do Pulmão (FPP), em parceria com as Farmácias Holon, promovem, durante o mês de novembro e dezembro, espirometrias gratuitas em 138 farmácias. A iniciativa tem como objetivo a deteção precoce de uma doença que afeta já 800 mil portugueses e que se prevê seja a terceira causa de morte em 2020.

 

A DPOC é uma doença que se manifesta pela falta de ar, dispneia crónica e progressiva, tosse crónica e produção de expetoração e é causada pela destruição irreversível do tecido pulmonar.

O tabaco é um dos principais fatores de risco, sendo responsável por cerca de 90% dos casos em Portugal. Também a exposição a poeiras, fumos e poluição são fatores que podem originar o aparecimento da doença, pelo que as pessoas que recentemente foram expostas aos fumos dos incêndios e que tenham alguns sintomas, devem procurar ajuda.

 

Alguns dos sintomas da DPOC:

- Tosse diária
- Catarro diário
- Falta de ar, em especial durante exercício físico
- Cansaço anormal


A espirometria é o primeiro meio de diagnóstico da DPOC e é um teste simples de realizar e que não causa dor. Trata-se de um teste que mede a obstrução das vias aéreas e a capacidade respiratória. Este teste é essencial para que a doença seja bem diagnosticada e não subvalorizada. 

 

A campanha "Sabe o Tamanho dos seus Pulmões" vai decorrer em várias farmácias do país e "resulta de um compromisso entre a Fundação Portuguesa do Pulmão e as Farmácias Holon, para o desenvolvimento da saúde respiratória em Portugal, ao nível da qualidade, acessibilidade e equidade dos cuidados, diagnóstico e tratamento."

 

Para finalizar e porque é um assunto do dia, veja a página da Sociedade Portuguesa do Pulmão sobre Incêndios Florestais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:49

Em Saúde, nem tudo é "Preto no Branco"

por dicasdefarmaceutica, em 24.10.17

image_2017-08-27_21-37-32.jpeg

Hoje, vou presentear-vos com um artigo que escrevi para a revista "Inominável" que saíu este mês. Já agora, dêem AQUI uma "olhadela" na revista. Vai valer a pena!

 

Na saúde, assim como na vida, nem tudo é "preto no branco"

 

Na vida, prevalecem os aspetos cinza, aqueles que parecem ser difíceis de resolver e que, muitas vezes, parecem não ter uma solução lógica.

Assim como na vida, também com a saúde existem muitos aspetos cinza. Era tão mais fácil se a expressão "preto no branco" se aplicasse aos ramos da Saúde. São ramos onde não existem certezas absolutas. A arte de curar não é uma ciência exata como a Matemática, não é tudo "preto no branco".

Porque é que isto é assim? Porque cada paciente é único, único na forma de apresentação da doença, único no desenvolvimento dos sintomas e também único na resposta terapêutica ao tratamento instituído. 

 

Além disso, também na investigação científica e na procura de novas terapias, nem tudo é "preto no branco". Por vezes, uma hipótese ou um tratamento parece ser o mais correto  à luz dos conhecimentos que temos naquele momento e mais tarde, vemos que a verdade (o correto) é diferente daquela que achamos ser a verdade antes.

 

Como não é tudo "preto no branco", seria muito importante que toda a gente tivesse consciência que para tratar de assuntos de Saúde, existem profissionais especializados e procurar soluções na internet ou no "vizinho" não é a forma mais correta de alcançar os objetivos. Pode acontecer, um dado conselho resultar hoje e o mesmo não ser o aconselhado para o problema que poderá surgir a seguir.

 

image_2017-08-27_22-11-50.jpeg

 

São comuns relatos de pacientes que passaram a tomar determinados medicamentos, a partir de recomendações de vizinhos, amigos ou parentes. Os perigos desta prática são reais e graves e é uma grande preocupação para todos os profissionais de Saúde. Porquê?

- Porque nem sempre o mesmo sintoma é de uma mesma doença;

- Porque nem sempre o medicamento que aliviou o outro, vai aliviá-lo a si.

- Porque nem sempre pode tomar os medicamentos dos outros, pois podem interferir com a sua medicação crónica, diminuindo o seu efeito ou tendo efeitos secundários inesperados.

- Porque um medicamento mal usado pode mascarar alguns outros sintomas e retardar o diagnóstico de uma doença grave.

- Porque as pessoas são diferentes, as indicações são diferentes e as doses são diferentes.

A automedicação é um grave problema de Saúde Pública, em Portugal e em muitos países.

Não se automedique! Um medicamento na dose errada pode ser tóxico e pode matar.

 

Falo de medicamentos, mas é bom também estar atento aos suplementos alimentares e às conhecidas "mezinhas". Também aqui, nem tudo é "preto no branco". 

Sabia que o "tão na moda" Aloé vera pode alimentar o desenvolvimento de tumores? E que o Ginseng pode aumentar a incidência de dores musculares, quando utilizado ao mesmo tempo que os medicamentos para o colesterol? Então e a "inofensiva" camomila, que pode interagir com os anticoagulantes orais e provocar hemorragias ou nódoas negras? Claro que, juntamente com estes factos, estes produtos também têm os seus benefícios mas, sobretudo em termos de Saúde, "cada caso é um caso".

 

Não se esqueça nunca que, quando falamos de Saúde, nem tudo é "preto no branco"!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 16:42

"Descomplicar o Tromoboembolismo"

por dicasdefarmaceutica, em 13.10.17

IMG_8852.JPG

 

Assinala-se hoje o Dia Mundial da Trombose (World Thrombosis Day) e o Grupo de Estudos de Cancro e Trombose (GESCAT) volta a associar-se à comemoração deste dia que foi reconhecido pela primeira vez em 2014 pela Sociedade Internacional de Trombose e Hemostase (ISTH).

Para assinalar a data, o GESCAT acaba de lançar a campanha de sensibilização “DESCOMPLICAR O TROMBOEMBOLISMO. CONHECER É A MELHOR FORMA DE PREVENIR!” com foco nas suas causas, fatores de risco, sinais e sintomas e evidência científica na prevenção e tratamento.

 

O Tromboembolismo Venoso (TEV) inclui a Trombose Venosa Profunda (TVP) e a sua maior complicação, a Embolia Pulmonar (EP). 

Na trombose venosa profunda forma-se um trombo (coágulo de sangue) numa veia localizada profundamente que dificulta ou impede o fluxo normal de sangue. A maioria dos trombos ocorre na coxa ou na perna, mas também podem acontecer no braço ou noutras partes do corpo. Um trombo numa veia profunda pode-se soltar e circular na corrente sanguínea. Quando se desloca para o pulmão e impede o fluxo sanguíneo, designa-se de tromboembolismo pulmonar. Este constitui uma complicação grave e potencialmente fatal.

 

FATORES DE RISCO

- Traumatismos e fracturas ósseas

- Cirurgia e internamento de longa duração

- Quimioterapia para o tratamento de cancro

- Estar muito tempo sentado ou na mesma posição

 

SINAIS E SINTOMAS

TVP

- Dor na perna que pode ser apenas de pé ou ao caminhar

- Endurecimento da perna com aumento da temperatura local

- Alteração de coloração da pele com rubor (cor avermelhada) ou cianose (cor azulada)

EP

- Falta de ar inexplicável

- Dor no peito

- Tosse violenta que pode ter sangue

- Alteração do ritmo cardíaco

 

PREVENÇÃO E TRATAMENTO

- Ter uma alimentação saudável e controlar o excesso de peso

- Beber água e evitar o consumo de bebidas alcóolicas 

- Praticar exercício físico com regularidade

- Em determinadas situações (cirurgias, por exemplo) são necessárias medidas preventivas adicionais. Deve ser sempre feita por um médico uma avaliação individual de risco de TEV e só depois disso são aplicadas as medidas de prevenção (por exemplo, utilização de meias de compressão elásticas, mobilização adequada ou administração de anticoagulantes).

 

Como se trata de uma doença de difícil diagnóstico, é muito importante estar atento e procurar ajuda se tiver dúvidas ou se tiver algum dos sintomas acima descritos. Siga as medidas de prevenção e os conselhos do seu médico e do seu farmacêutico!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:18

IMG_8851.JPG

Foi ontem entregue no Centro de Congressos de Lisboa, o Prémio João Cordeiro - Inovação em Farmácia.

"O Prémio João Cordeiro – Inovação em Farmácia pretende apoiar e premiar projetos originais, no âmbito da intervenção e do conhecimento em Saúde, que promovam o espírito de inovação e desenvolvimento nas farmácias."

 

Não costumo falar deste género de iniciativas, mas hoje faz todo o sentido falar deste Prémio com o nome do ex-presidente da Associação Nacional de Farmácias, pois os vencedores deste ano têm no tema duas das minhas grandes paixões: Farmácia e Viagens.

O vencedor da edição 2017 do Prémio João Cordeiro foi o projeto "Rede de Farmácias Amigas do Viajante”. Parabéns!

 

Trata-se de um projeto da responsabilidade do Instituto de Higiene e Medicina Tropical da Universidade da Beira Interior.

"Aproveitando a rede de farmácias comunitárias e o conhecimento especializado do farmacêutico, o projeto pretende apoiar o viajante na prevenção da doença através de um aconselhamento adequado, fácil e ágil, com recurso a uma aplicação móvel."

Vejam o vídeo da apresentação desta ideia fantástica, que vai ser concretizada:

 

 

 

 

Todos nós gostamos de ideias inovadoras com valor para a sociedade portuguesa. Este prémio tem uma vertente que me agrada particularmente, que é o facto de não se destinar apenas a farmacêuticos, mas sim a todos aqueles, independentemente da área de conhecimento, que possam acrescentar valor às Farmácias e à Saúde dos portugueses.

 

Cada vez que se aproximam as férias, escrevo sobre viagens e como garantir uma viagem em segurança em termos de saúde (ver AQUI um exemplo). Felizmente, dentro de pouco tempo, irei também dar notícias sobre esta "Rede de Farmácias Amigas do Viajante". Vamos aguardar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:54

IV Corrida Farmacêutica

por dicasdefarmaceutica, em 04.10.17

IMG_8824.JPG


A Secção Regional do Sul e Regiões Autónomas (SRSRA) da Ordem dos Farmacêuticos (OF) organizará, no próximo dia 8 de outubro, a IV Corrida Farmacêutica, juntamente com a já habitual Caminhada Geração Saudável.

 

A Corrida Farmacêutica e a Caminhada Geração Saudável terão como ponto de encontro o Centro de Congressos de Lisboa (do lado do Rio Tejo), localizado na Avenida Brasília, iniciando-se a prova às 10h. A Corrida Farmacêutica terá a extensão de 10 km, e a Caminhada Geração Saudável 4 km.

 

Destaco ainda:
- A realização de rastreios durante toda a manhã: glicérica, colesterol e pressão arterial;
- Classificação individualizada para Farmacêuticos (inserir nº de Carteira Profissional ou Membro Estudante), em complemento à classificação geral;
- Aula de Aquecimento (início) e Alongamentos (final);
- Prémios para os 3 melhores Farmacêuticos/as classificados;
- Inscrição em equipa (mínimo 3 participantes) - na inscrição de cinco elementos, oferta da sexta inscrição.


Na página oficial da Corrida Farmacêutica poderão encontrar todas as informações sobre este evento. 

 

Este dia é excelente para um agradável convívio, além de fazer bem à saúde. O principal objetivo é a promoção de um estilo de vida saudável. Apesar de possuírem intensidades diferentes, os dois exercícios (caminhada ou corrida) proporcionam benefícios para a saúde. 

São vários os estudos que comprovam a eficácia de exercício físico regular para baixar os níveis de colesterol, para controlar a pressão arterial, para diminuir o risco de diabetes ou de doenças cardiovasculares.

 

O lema é sempre o mesmo e eu gosto desta frase: "Mexa-se pela sua saúde!"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:23

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog