Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Saiba mais sobre a DPOC

por dicasdefarmaceutica, em 17.11.16

 

image_2016-11-16_21-55-33.jpeg

 

O Dia Mundial da DPOC assinalou-se ontem e é um evento anual organizado pela Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease (GOLD) que conta com a colaboração dos profissionais de saúde de todo o mundo

O objetivo deste dia é sensibilizar a população para a doença e melhorar os cuidados da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica. Em Portugal realizaram-se rastreios gratuitos em várias zonas do país e falou-se muito de prevenção e na adopção de hábitos de vida saudáveis.

 

O que é a DPOC?

"A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, DPOC, é uma doença respiratória crónica. Caracteriza-se pela limitação crónica do fluxo de ar, falta de ar/dispneia, tosse, pieira e aumento da produção de expectoração, sintomas que podem limitar a capacidade da pessoa para realizar as actividades diárias normais."

 

O que causa a DPOC?

"O tabagismo é o factor de risco predominante da DPOC, representando o maior factor de risco para se desenvolver a doença, mas apenas 20% de todos os fumadores desenvolvem DPOC. Em termos mundiais, um aumento no consumo do tabaco é proporcional ao aumento do número de pessoas com a doença."

Outros factores que podem causar a doença, são factores ambientais (exposição a poeiras, fumos, poluição atmosférica, etc...) e também factores hereditários.

 

Quais são os sintomas da DPOC?

- Tosse diária
- Catarro diário
- Falta de ar em especial durante exercício físico
- Cansaço anormal
Estes sintomas são mais frequentes em fumadores e pessoas com mais de 40 anos. Como são sintomas comuns, têm tendência a ser desvalorizados e muita gente vive com a doença sem o saber.

 

Como se diagnostica a DPOC?

Habitualmente o diagnóstico é feito com base nos sintomas do doente e na existência de consumo tabágico. No entanto, como diz o pneumologista João Almeida, “para estabelecer um diagnóstico preciso de DPOC é necessário demonstrar a existência de estreitamento das vias aéreas e que este estreitamento não varia muito de dia para dia e em resposta à terapêutica. Para fazer esta demonstração é necessário a realização de uma espirometria que é uma prova da respiração que mede a quantidade de ar expirado pelos pulmões.” É um exame simples e inócuo essencial para que a doença seja bem diagnosticada e não subvalorizada.

 

Os farmacêuticos têm um papel crucial na ajuda dos doentes com DPOC, não só ao nível da prevenção, mas também ao nível do tratamento, pois o sucesso deste depende muito do uso correcto dos medicamentos prescritos e respectivos dispositivos. Uma técnica de inalação incorrecta leva a que o medicamento se deposite na boca ou na garganta, não atingindo os brônquios e não fazendo o efeito desejado. Se tiver dúvidas, pergunte ao seu farmacêutico! 

O farmacêutico pode ajudar o doente com DPOC a respirar melhor!


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:15

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog