Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dia Mundial do Coração

por dicasdefarmaceutica, em 29.09.15

image.jpg

 

"Em 2015, o objetivo deste Dia é garantir que as pessoas, em qualquer lugar do mundo, aproveitem a oportunidade para fazer escolhas saudáveis para o coração, onde quer que vivam, trabalhem ou se divirtam, ajudando-as a reduzir o seu risco cardiovascular e daqueles que estão à sua volta.

O ambiente em que vivemos, trabalhamos e nos divertimos, pode afetar a nossa capacidade de fazer escolhas certas para a saúde do nosso coração."

 

Quer viva na cidade ou no campo, perto da praia ou da montanha, fazer escolhas saudáveis está sempre ao nosso alcance. Que tal começar por subir as escadas em vez de usar o elevador? Ou ir às compras de bicicleta em vez do tão "preguiçoso" carro? E que tal comer uma peça de fruta a meio da manhã em vez do bolo a acompanhar o café?

Certo é que tudo é uma questão de hábito e quando as nossas escolhas começam a ser mais saudáveis para o coração, sentimo-nos melhor, rapidamente nos habituamos e, parece impossível, mas até gostamos...

 

 

E agora uma coisa muito diferente, mas não menos importante: neste Dia Mundial do Coração, gostava de partilhar convosco um vídeo da responsabilidade do INEM com apenas 30 segundos intitulado "Não perca tempo. Salve uma vida".

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:19

image.jpg

 

Começamos agora a sentir as alterações bruscas climáticas, com dias ainda quentes, mas noites frias e húmidas. Estas mudanças repentinas criam condições favoráveis ao desenvolvimento de diversas patologias, nomeadamente febre, dores de garganta, tosse, espirros, congestão nasal, enfim, surgem os primeiros sintomas de gripe e constipações.

 

Começa também esta semana o início da vacinação, de forma a prevenir as viroses da época.

Muito importante durante todo o ano é uma alimentação equilibrada, com a ingestão de nutrientes como a Vitamina C e o Zinco, que ajudam a fortalecer o sistema imunitário.

 

É possível encontrar estes nutrientes em vários alimentos, como frutas, hortaliças e carnes, mas todos sabemos que, muitas vezes, a corrida da hora do almoço ou a falta de paciência para um jantar mais equilibrado, fazem com que as semanas passem e, quando paramos para refletir, onde estão os nutrientes que nos fazem tanta falta? Lá vem o cansaço, a febre e as primeiras tosses.

 

Se isto lhe acontece, tem uma solução: pode ir buscar estes nutrientes a um ou vários suplementos alimentares existentes no mercado e passar um inverno mais tranquilo.

 

Neste início de outono, escolha um que combine a Vitamina C e o Zinco, pois a ação conjunta destas duas substâncias auxilia o funcionamento adequado do sistema imunulógico e a produção de anticorpos. Deixo-vos aqui uma hipótese de um destes suplementos, da Tecnilor:

 

image.jpg

image.jpg

E a Moringa, sabem o que é? A árvore de Moringa tem sido utilizada ao longo dos tempos como uma planta medicinal, sendo por isso conhecida como árvore milagrosa.

A Moringa é uma fonte natural de vários nutrientes essenciais, aumenta a capacidade anti-inflamatória, promove uma digestão saudável, aumenta a acuidade mental, aumenta a energia, estimula a acção de elementos naturais de anti-envelhicemento, nutre o sistema imunológico do organismo, regula os níveis de glucose do sangue e promove uma melhor circulação sanguínea.

 

Ao longo deste outono e inverno, irei fazer mais algumas sugestões de suplementos alimentares, nunca esquecendo que estes devem ser acompanhados de uma alimentação equilibrada e não devem nunca exceder as doses recomendadas pelos fabricantes.

 

No exemplo que dei, a dose máxima recomendada de Vitamina C é de 1000mg por dia e a dose máxima recomendada de Zinco é de 12,5mg por dia, o que equivale a 1 comprimido por dia. Para estar com mais defesas, não vale a pena tomar 2 comprimidos em vez de 1, pois o excesso de vitaminas também pode ser prejudicial.

 

image.jpg

Peça ajuda ao seu farmacêutico para o ajudar a passar um inverno mais tranquilo, livre de gripes e constipações!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:15

image.jpg

 

Há já alguns anos que a contraceção transdérmica não apresentava novidades. Este fim de semana, no Congresso da Sociedade Portuguesa de Contraceção, foi apresentado um novo mini adesivo contracetivo, que vai estar disponível em Portugal a partir de novembro de 2015.

image.jpg

O novo mini adesivo distingue-se das restantes contraceções transdérmicas adesivas por ser uma contraceção de baixa dosagem e por ser o primeiro adesivo transparente disponível no mercado, o que o torna esteticamente mais apelativo para as mulheres que o usam, para além de ser mais fino e discreto.

 

Quando se falava de adesivos contracetivos, a primeira objeção era logo a parte estética, pois no verão, ir para a praia com um adesivo colocado, não parecia muito agradável. Agora, que vai aparecer um adesivo mais pequeno (3,7cm de diâmetro) e transparente, esta opção de contraceção já é mais viável.

 

O adesivo deverá ser trocado semanalmente, sendo uma excelente opção para as mulheres que não gostam de tomar a pílula todos os dias ou para aquelas que não conseguem ter horários regulares. Também as mulheres "esquecidas" têm mais esta alternativa.


O adesivo contracetivo é um método de contraceção constituído por um fino adesivo que se aplica sobre a pele, transferindo diariamente através da pele para a via sanguínea, as hormonas que inibem a libertação do óvulo.

Este adesivo tem uma baixa dosagem de Estradiol combinado com Gestodeno, que se traduz em menores efeitos adversos, boa tolerância e boa estabilização do endométrio, comparativamente com outros adesivos contracetivos.

 

"Segundo o estudo Avaliação das Práticas Contracetivas das Mulheres em Portugal 2015, que avaliou os hábitos de contraceção das mulheres em Portugal, as mulheres continuam a preferir a contraceção hormonal combinada.

Na contraceção transdérmica, enquanto em 2005 a utilização era apenas de cinco mulheres em cada cem, este cresceu para as 30 mulheres em cada cem, em 2015.

Este estudo mostra também que o adesivo é um dos métodos que tem um dos maiores índices de confiabilidade das mulheres, que chegaram aos 57,8%, ficando até acima da pílula".

 

Este método contracetivo é da responsabilidade da empresa Gedeon Richter, que tem como um dos principais ramos de atividade, a introdução de terapêuticas inovadoras  na saúde da mulher.

  image.jpg

 

Nunca se esqueça que o método contracetivo que a sua amiga mais gosta, pode não ser  o indicado para si. Faça uma escolha consciente, de acordo sempre com o conselho do seu médico!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:28

Dia do Farmacêutico - 25 ou 26 de Setembro?

por dicasdefarmaceutica, em 25.09.15

 

  image.jpg

 

Hoje assinala-se o Dia do Farmacêutico em quase todo o mundo, mas em Portugal é diferente. Porquê? Os "culpados" são o São Cosme e o São Damião, porque o dia dos padroeiros da profissão farmacêutica em Portugal, é amanhã. Deste modo, o dia 26 de Setembro foi adoptado pela Ordem dos Farmacêuticos (OF) como o Dia do Farmacêutico.

image.jpg

Hoje, só para recordar, aqui ficam algumas imagens de medicamentos que, ao longo de anos, têm ajudado tantos portugueses no alívio dos mais diversos males:

 

image.jpg

 Composto vitamínico de odor e sabor horríveis...

 

image.jpg

 Ferro para o sangue e fósforo para os músculos e nervos...

 

  

image.jpg

 Para aliviar os males da menstruação feminina...

 

 

image.jpg

 Todos conhecemos: dores de cabeça e enxaqueca...

 

 

image.jpg

Quando a diarreia ataca...

 

 

E agora, leiam a descrição dos próximos anúncios:

 

image.jpg

 

image.jpg

 

image.jpg

 

image.jpg

 

DIAS FELIZES (25 e 26) PARA TODOS OS FARMACÊUTICOS!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:33

Tratamento do cancro da mama evolui com novo medicamento

por dicasdefarmaceutica, em 23.09.15

image.jpg

 

O cancro da mama é o tipo de cancro mais comum nas mulheres e representa a primeira causa de morte relacionada com cancro na Europa.

Existe um ou mais casos de cancro de mama em quase todas as famílias e esta é uma doença, talvez mesmo a doença que mais preocupa todas as mulheres.

 

Após um estudo clínico dos hospitais Universitário Ramón e Cajal de Madrid e Vall d'Hebron de Barcelona, a Agência Europeia de Medicamentos aprovou o uso da eribulina, um quimioterápico para o tratamento do cancro de mama metastásico. O estudo demonstrou que esta droga reduz o risco de mortalidade em 30%.

 

O Halaven, nome comercial da eribulina, é utilizado no tratamento do cancro da mama localmente avançado ou metastático (o cancro espalhou-se para outras partes do corpo) que continuou a espalhar-se após pelo menos um tratamento anterior para o cancro em estado avançado. O tratamento anterior deverá ter incluído uma antraciclina e um taxano, a não ser que estes tratamentos não fossem adequados para os doentes. 

 

Aqui fica um exemplo de um algoritmo utilizado no cancro de mama metastático:

image.jpg

 

A eribulina é semelhante a uma substância anticancerígena denominada halicondrina B, presente na esponja marinha Halichondria okadai. A eribulina liga-se à tubulina, uma proteína existente nas células e que tem um papel importante na formação do esqueleto interno que as células precisam de formar quando se dividem. Ao ligar-se à tubulina existente nas células cancerosas, a eribulina interrompe a formação do esqueleto, impedindo a divisão e a propagação das células cancerosas.

 

Com algumas dúvidas dos seus reais benefícios, em Portugal este medicamento encontra-se em avaliação fármaco-económica.

Ficamos a aguardar os resultados, na esperança de que a parte económica não se sobreponha aos benefícios terapêuticos de mais um medicamento ao alcance dos que sofrem com esta doença.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47

image.jpg

 

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa lançou, em 2012, o programa itinerante Saúde Mais Próxima, que vai ao encontro das pessoas, convidando-as a realizar rastreios de saúde e a participar em ações de sensibilização e prevenção sobre algumas das patologias que mais afetam os portugueses.

 

Começa hoje e vai percorrer as ruas da cidade de Lisboa nos próximos dois meses, mais um deste rastreios, no âmbito da prevenção cardiovascular.

Só se previne o que se conhece, por isso, para prevenir as doenças cardiovasculares, é muito importante que conheça os seus valores de tensão arterial, glicémia, colesterol, o seu IMC (Índice de Massa Corporal) e que fale com profissionais de saúde sobre os seus hábitos, de forma a melhorar a sua qualidade de vida.

 

Se vive na zona de Lisboa, aproveite e vá fazer o seu rastreio gratuito na unidade móvel da Saúde Mais Próxima de sua casa:

 

SETEMBRO

22 - Bairro Casalinho da Ajuda

23 - Bairro 2 de Maio

28 - Avenida da Igreja (junto à Igreja)

29 - Igreja do Campo Grande

30 - Jardim do Arco do Cego

OUTUBRO

1 - Olaias (ao lado do Centro Comercial)

2 - Alameda Dom Afonso Henriques

5 - Alameda Dom Afonso Henriques

6 - Igreja Nossa Senhora de Fátima

7 - Largo Madredeus

8 - Largo Madredeus

9 - Rua Tristão Vaz

12 - Igreja de Benfica

13 - Igreja de Benfica

15 - Praça São João Bosco

16 - Bairro da Bela Flor

19 - Rua de São Bento (no parque de estacionamento)

20 - Estrada da Torre

21 - Bairro da Cruz Vermelha

22 - Bairro das Amendoeiras

23 - Bairro das Amendoeiras

26 - Praça de São Paulo

27 - Praça de São Paulo

28 - Encarnação (em frente à Igreja)

29 - Mercado Olivais Sul

30 - Bairro Quinta das Laranjeiras

NOVEMBRO

2 - Praça Paiva Couceiro

3 - Praça Paiva Couceiro

4 - Campo das Amoreiras

5 - Rua Leão de Oliveira

6 - Rua Leão de Oliveira

9 - Largo de São Domingos

10 - Largo de São Domingos

11 - Largo de São Mamede

12 - Bairro das Furnas

13 - Largo da Graça

16 - Campo de Santa Clara

17 - Avenida Miguel Torga

18 - Jardim Constantino

19 - Igreja dos Anjos

20 - Igreja dos Anjos

23 - Campo das Amoreiras

24 - Largo de São Mamede

25 - Encarnação (em frente à Igreja)

26 - Bairro da Cruz Vermelha

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:00

Alzheimer: poderão ser de três tipos diferentes?

por dicasdefarmaceutica, em 21.09.15

image.jpg

Hoje é o Dia Mundial dos doentes com Alzheimer. 

 

Estima-se que existam cerca de 60 mil pessoas com doença de Alzheimer, em Portugal.

A doença de Alzheimer é uma patologia do cérebro de causa desconhecida, com agravamento progressivo, lento e irreversível, que afeta principalmente as funções intelectuais: a compreensão, a orientação, a atenção, o pensamento e a memória. É a forma mais comum de demência.

 

Alguns FATORES DE RISCO relacionados com a doença de Alzheimer:

 

- Idade (mais de 65 anos, sendo que a partir dessa idade o risco dobra a cada 5 anos)

- Traumatismo craniano associado à perda de consciência

- Sexo feminino

- Depressão

- Diabetes mellitus 

- Hiperinsulinémia

- Hipertensão arterial

- Tabagismo

- Inatividade física

- Dieta rica em gorduras

- Fatores genéticos 

 

É muito difícil identificar os SINAIS DE ALERTA da doença de Alzheimer. Quem nunca se esqueceu do local onde deixou um objeto? Ou do que comeu ontem? O pior é quando isto começa a acontecer frequentemente e de uma forma progressiva.

Progressivamente, perdem a capacidade de acompanhar a história de uma novela ou filme; progressivamente, esquecem-se de informação que conheciam, como dados históricos ou políticos; progressivamente, perdem a capacidade de, autonomamente, se lavar, vestir ou alimentar; progressivamente, perdem a capacidade de tomar decisões e de gerir o seu orçamento; e, também progressivamente, deixam de conhecer os amigos e até os próprios filhos...

 

Como estamos de TRATAMENTO?

Não foi ainda descoberta a cura para esta doença, sendo que o tratamento é feito com recurso a fármacos que atenuam os seus sintomas.

image.jpg

Existem duas classes de fármacos que têm sido os mais utilizados no tratamento dos sintomas associados a esta doença:

 

1 - Inibidores da acetilcolinesterase

A acetilcolina é um neurotransmissor importante para a memória, que está com níveis baixos em doentes com Alzheimer. Estes inibidores inibem as enzimas de destruir a acetilcolina.

 

2 - Memantina (antagonista dos receptores N-metil-D-aspartato)

Tem como alvo o glutamato, que é um neurotransmissor que está em concentrações elevadas nos doentes com Alzheimer. Quando este neurotransmissor está elevado, permite a entrada excessiva de cálcio nas células cerebrais, causando danos graves nas mesmas.

 

Li esta semana um artigo muito interessante com novidades sobre esta doença. Pesquisei e ainda não encontrei muito sobre o assunto, mas aqui fica um apontamento importante:

Estudos recentes falam de 3 subtipos de doença de Alzheimer, o que pode vir a pressupor tratamentos diferentes para cada subtipo:

1 - Subtipo cortical

2 - Subtipo inflamatório

3 - Subtipo não inflamatório

image.jpg


“Because the presentation varies from person to person, there has been suspicion for years that Alzheimer’s represents more than one illness,”

“The important implications of this are that the optimal treatment may be different for each group, there may be different causes, and, for future clinical trials, it may be helpful to study specific groups separately.”

"The need for a new approach to treat Alzheimer’s is urgent. It is the most common age-related dementia, and the number of people with the disease in the U.S. is expected to increase to 15 million in 2050, from nearly 6 million today."

Ver AQUI artigo da revista Neuroscience News.

 

Além da importância da alteração para estilos de vida mais saudáveis, apoiados numa alimentação equilibrada e no exercício físico, surgem agora algumas mudanças ao nível do tratamento destes subtipos. 

A introdução de anti-inflamatórios no subtipo 2, por exemplo, começa a fazer sentido. Também a utilização de estrogénio, vitaminas como a vitamina B12 e a vitamina E e outros suplementos começam a ser avaliados.

 

Uma certeza já existe, quanto mais precocemente for detectada a doença e quanto mais cedo for iniciado o suposto tratamento, mais tarde aparecerão os sintomas.

 

Como hoje é um dia importante, também no DIAGNÓSTICO há novidades:

"Pela primeira vez em Portugal, uma equipa multidisciplinar de investigadores da Universidade de Coimbra (UC) aplicou, em contexto clínico, um teste de memória desenvolvido nos EUA que pode ajudar ao diagnóstico precoce da doença de Alzheimer". (VER AQUI a notícia completa)

 

As comemorações deste dia decorreram este fim de semana em várias cidades do país. O "Passeio da Memória" fez com que muita gente se lembrasse destes doentes, que tanto apoio precisam de todos nós. 

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

image.jpg

 

Começa amanhã a semana Europeia de sensibilização para o Cancro de Cabeça e Pescoço.

É sempre bom alertar para estas doenças, sobretudo para aquelas em que a prevenção e o diagnóstico precoce podem salvar vidas, como é o caso deste tipo de cancro.

 

Em Portugal surgem anualmente cerca de 3000 novos casos de cancro de cabeça e pescoço. Além de tudo o resto, mais de metade destes doentes fica sem voz de forma temporária ou permanente.

Por isso mesmo, alguma figuras públicas que utilizam a voz como a sua principal ferramenta de trabalho, dão voz a esta campanha.

 

image.jpg

 

O diagnóstico precoce e o tratamento feito numa fase inicial da doença permitem aos doentes uma taxa de sobrevivência entre 80 a 90%.

 

Quais os principais sintomas a que devemos estar atentos? Veja este quadro muito ilucidativo, da responsabilidade do Grupo de Estudos Cancro da Cabeça e Pescoço:

 

image.jpg

Este tipo de cancro aparece, normalmente, a partir dos 40 anos, mas alguns comportamentos de risco estão a fazer com que cada vez apareçam mais casos de cancro de cabeça e pescoço em jovens adultos. 

 

Comportamentos de risco:

- Tabagismo

- Consumo excessivo de álcool

- Infeção pelo Virus do Papiloma Humano (HPV). Ver AQUI post sobre a prevenção deste vírus.

 

JUNTE A SUA VOZ à prevenção do cancro de cabeça e pescoço, passando estas mensagens aos seus amigos.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50

image.jpg

Há dois objetivos principais na terapêutica da Diabetes: por um lado, o controlo da glicémia e por outro, a diminuição das complicações associadas à doença.

 

Os resultados dos estudos apresentados esta semana em Estocolmo na reunião anual da EADS ("European Association for the Study of Diabetes") são animadores.

 

Um trabalho intitulado "The effects of vildagliptin added on insulin terapy in wellcontrolled type 2 diabetic patients on markers of glomerular and tubular kidney injury" refere a utilização da vildagliptina associada à insulinoterapia. Retrata os doentes medicados com metformina e insulina, a cujo tratamento foi associada a vildagliptina. Esta associação refletiu-se numa redução dos marcadores de disfunção renal.

 

Outro trabalho intitulado "Incidence of microvascular outcomes in type 2 diabetes patients treated with vildagliptin vs sulphonylurea: a retrospective study using German electronic medical records" compara 16 mil doentes tratados com sulfonilureia vs 3 mil doentes tratados com vildagliptina. Esta última demonstrou reduzir o aparecimento da retinopatia e da neuropatia, duas complicações muito comuns da Diabetes.

 

Deixo-vos com um pequeno resumo do que vos falei, apresentado em vídeo pelo Professor Dr. Davide Carvalho:

 

 

Temos aqui provas de como os inibidores da Dipeptidil Peptidase-4 (DPP-4) em particular a vildagliptina, podem ajudar no controle das complicações associadas à Diabetes.

 

Muito se tem questionado nos últimos anos sobre a utilização destes medicamentos, devido ao elevado custo dos mesmos.

Temos agora mais provas que comprovam o benefício da sua prescrição. As complicações associadas à diabetes saem de certeza mais  caras ao sistema de saúde do que o correto uso das novidades terapêuticas ao alcance de médicos e doentes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:05

image.jpg

Com o nome "Socorrismo - Cruz Vermelha", a nova app lançada por esta instituição, é uma nova ferramenta que pode estar nas nossas mãos, recheada de informação que pode salvar vidas.

 

Esta aplicação aborda situações reais do dia-a-dia, exemplificando com vídeos, fotografias e animações, de fácil compreensão.

 

Os conteúdos estão divididos por áreas:

 

- Aprenda primeiros socorros em caso de alergias, ansiedade, AVC, ataque cardíaco, etc... 

 

- Prepare-se para emergências do dia-a-dia, como cortes de energia, incêndios, ondas de calor, deslizamentos de terra, etc...

 

- Primeiros socorros de emergência em caso de AVC, crise de asma, crise epilética, ataque cardíaco, etc.,.

 

- Testes, para avaliar se tudo o que leu está consolidado.

 

- ...Mais...e nesta área, pode aprender a fazer um Kit de primeiros socorros, pode saber como ser voluntário da instituição e pode conhecer melhor a Cruz Vermelha Portuguesa.

 

image.jpg

 

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:42

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2015

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog