Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Um em cada seis casais sofre de problemas de infertilidade

por dicasdefarmaceutica, em 30.07.15

image.jpg

 Sabia que:

- 1 em cada 6 casais sofre de problemas de infertilidade?

- 72 milhões de mulheres no mundo são inférteis?

- 8% das mulheres portuguesas, em idade reprodutora, tem problemas de infertilidade?

 

Todos nós conhecemos casais com problemas de infertilidade. O problema pode estar na mulher, no homem ou em ambos e nem sempre é fácil de detetar.

A idade é um dos fatores mais associados a este problema. Depois dos 35 anos, as mulheres sofrem alterações fisiológicas que podem contribuir para a infertilidade e nos homens, a qualidade do esperma também reduz com a idade.

 

O impacto emocional da inferilidade, individualmente ou para ambos os membros do casal, pode prejudicar a qualidade de vida de uma família durante meses ou anos. A revolta, a culpa, a tristeza e até a depressão atingem muitas vezes estes casais que, no meio de tantas tentativas frustradas, nem conseguem decidir se está ou não na hora de parar e continuar com a vida em frente.

 

A Organização Mundial de Saúde define a "infertilidade como a incapacidade de engravidar ou levar uma gravidez até ao fim num período de 12 meses consecutivos em que o casal mantenha relações sexuais regulares e desprotegidas."

 

Deixo-vos aqui a infografia recente sobre a infertilidade em Portugal, elaborada em conjunto pela Associação Portuguesa de Fertilidade, pela Sociedade Portuguesa de Medicina da Reprodução e pela Merck:

image.jpg

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:10

Nestas férias, AloBaby conta histórias aos bebés

por dicasdefarmaceutica, em 28.07.15

image.jpg

Já falei AQUI do Alobaby, um produto da Jaba Recordati que surgiu no início deste ano e que tem ajudado muitos bebés no alívio dos sintomas associados ao nascimento dos primeiros dentinhos.

 

Nestas férias, a Jaba Recordati quer continuar a acompanhar os papás e os bebés e conta histórias bem conhecidas de todos, que estão disponíveis no site da AloBaby. Os contos retratam o imaginário do Capuchinho Vermelho, dos Três Porquinhos e da Rapunzel, na voz do apresentador Francisco Alvim e das actrizes Diana Nicolau e Júlia Belard.

 

As sestas dos seus bebés podem ser acompanhadas pela voz destes nossos amigos, que contam as referidas histórias de uma forma que, tanto pais como crianças vão gostar. Espreitem o site e deliciem-se...

 

 

 

"O AloBaby primeiros dentes é um dispositivo médico disponível em farmácias e para- farmácias. Apresenta-se sob a forma de um gel para aplicação oral, ajudando a proteger a gengiva do desconforto e dor e aliviando os sintomas mais comuns causados pela erupção dos primeiros dentes do bebé, tais como dor, desconforto, febre, perturbações do sono, perda de apetite, salivação e choro."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:01

image.jpg

 

A vacina contra a Malária está em desenvolvimento há 30 anos e foi agora aprovada pela Agência Europeia do Medicamento.

 

Transmitida por um mosquito, a Malária, também apelidada de Paludismo, infecta cerca de 200 milhões de pessoas por ano e mata mais de 500 mil crianças em todo o mundo. Parece mentira como, em pleno século XXI, existem zonas de África em que morre uma criança por minuto, vítima desta doença.

 

Por isso mesmo, esta vacina destina-se prioritariamente à imunização de crianças africanas, com idade entre as 6 semanas e os 17 meses.

 

Como nos ensaios clínicos, a vacina demonstrou ainda ter uma eficácia limitada, a Organização Mundial de Saúde ainda não deu "luz verde" para a sua aplicação.

De qualquer modo, não se trata de uma vacina para viajantes nem será vendida na União Europeia.

 

O viajante deve continuar a adotar as medidas de proteção contra infecções transmitidas por insetos, nomeadamente o uso de redes mosquiteiras impregnadas de insecticida, repelentes para o corpo e para a roupa e utilizar roupa adequada às diversas situações; nalgumas zonas, o uso de calças e mangas compridas é obrigatório. 

 

 

O uso de medicamentos profiláticos está indicado apenas para pessoas que se dirijam para áreas com risco elevado de transmissão da Malária e deve ser sempre feito mediante prescrição médica especializada.

 

Aqui vos deixo com mais uma boa notícia: a primeira esperança para tantas famílias que têm visto a Malária "invadir as suas vidas" de uma forma tão aterradora...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:27

image.jpg

Esta notícia hoje sai um pouco da área da farmácia, mas quero partilhar com todos os que visitam o blog, este grande exemplo.

Fico sempre a sentir que tudo vale a pena quando quem está à frente das empresas se preocupa verdadeiramente em ajudar os outros e não só com o lucro gerado pela venda dos produtos. 

 

Matthew Walzer nasceu prematuro com uma paralisia cerebral que o tem impedido de fazer coisas tão simples como atar os ténis. Em 2012, este jovem da Califórnia decidiu publicar uma carta aberta dirigida a Mark Parker, CEO da Nike.

"O meu sonho é ir para universidade da minha escolha sem ter a preocupação de ter comigo alguém para me atar os sapatos. Tenho 16 anos. Uso sapatos de basquetebol Nike toda a minha vida, porque preciso de apoio nos tornozelos. Visto-me sozinho, mas os meus pais ainda têm de me atar os sapatos, o que é extremamente frustrante e embaraçoso".

 

A mensagem sensibilizou o diretor da Nike, que logo começou a trabalhar sobre este projeto. Foi assim que nasceu o modelo Flyease, que faz parte da linha Nike criada para o basquetebolista LeBron James e que funciona com velcro.

Matthew e muitas outras pessoas com necessidades especiais já vão poder atar os ténis sózinhos...

 

Vejam o vídeo:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:37

Mais Infeções Hospitalares na Europa

por dicasdefarmaceutica, em 23.07.15

image.jpg

Foi hoje notícia do jornal da SIC: o número de infeções hospitalares continua a aumentar na Europa e a infeção pela bactéria Clostridium difficile é cada vez mais comum.

 

Esta bactéria causa inflamação intestinal grave e pode matar, sobretudo os doentes mais idosos. Portugal é dos países com maior prevalência desta bactéria.

 

Um estudo recente sobre a prevalência do Clostridium difficile revela problemas no diagnóstico, pois mais de 20% dos casos não são diagnosticados.

Esta falha no diagnóstico permite a disseminação da bactéria dentro dos hospitais. A Direção Geral de Saúde divulgou já algumas normas para que o diagnóstico seja mais eficaz.

 

E a que se deve este aumento, quando parece haver mais cuidado com a higienização e algumas estirpes até estão mais controladas?

Deve-se, sobretudo, ao uso inadequado dos antibióticos, sobretudo os de largo espectro.

 

Já várias vezes, alertei AQUI para o que o abuso dos antibióticos pode causar: estirpes resistentes, que podem matar.

 

Lutar contra a resistência aos antibióticos é uma urgência a nível mundial e nós, farmacêuticos, temos que ter um papel muito importante nesta luta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28

"Os sete exames que podem salvar-lhe a vida"

por dicasdefarmaceutica, em 22.07.15

image.jpg

 

Este é um dos títulos que li ontem na revista "Visão".

Como são precisamente os sete exames que acho mais importantes e que faço questão de fazer como "Check up", achei importante partilhar convosco.

Aconselho-os a ler AQUI o referido artigo.

 

Alguns exames básicos, quando feitos na altura certa, podem salvar uma vida e prevenir algumas doenças, que podem levar a anos de muito sofrimento.

 

São estes os sete exames:

 

1 - Despiste do cancro do intestino.

2 - Despiste do cancro cervical.

3 - Análise dos níveis de colesterol.

4 - Controlo da tensão arterial.

5 - Despiste do cancro da mama.

6 - Exame aos olhos.

7 - Exame da pele.

 

Claro que, consoante os exames, a periodicidade com que se fazem os mesmos, varia; um Check up anual não inclui todos estes exames e pode incluir outros, como outras análises de rotina (glicémia, por exemplo), exames ao coração (eletrocardiograma), ida ao dentista, etc...

 

Fale com o seu médico e veja se ele tem a mesma opinião descrita neste artigo. Comece a pensar e a tratar da sua saúde!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:22

image.jpg

Cá vou voltar mais uma vez ao meu tema de paixão: "Cuidados Farmacêuticos" e sobretudo "Seguimento Farmacoterapêutico". Se quiserem reler algum dos posts anteriores, cliquem AQUI.

 

Na sessão de discussão "Uso Responsável do Medicamento - A Problemática da Polimedicação", a Dra. Maria Assunção Martinez falou na "necessidade da existência de um gestor de medicação". É bom sabermos que um Membro da Comissão de Ética para a Saúde e Ex Presidente da ARS do Algarve, destaca o papel dos farmacêuticos nesta área tão importante para o doente e também para o país. Um gestor de medicação é um farmacêutico que se responsabiliza pelo seguimento da medicação de um doente.

 

Os números falam por si e dizem que 50% dos medicamentos não são corretamente usados pelos doentes. Isto agrava-se nos doentes polimedicados, pois a não adesão à terapêutica e, muitas vezes, o cansaço de uma terapêutica que se alonga no tempo, tornam a tarefa ainda mais difícil. O médico prescreve mas, muitas vezes, nem se apercebe o porquê da falta de eficácia da medicação prescrita. 

 

Todos concordamos que isto tem que mudar mas, e já lá vão muitos anos desde que comecei a "estudar cuidados farmacêuticos" e a tirar cursos e formações em "seguimento farmacoterapêutico" e, em relação às medidas de mudanças na saúde no país, a este nível, parece que continua quase tudo na mesma.

Os farmacêuticos comunitários, nas suas farmácias, cada vez têm mais escassez de recursos humanos especializados e parece que têm pouco tempo para o que é realmente importante...não é só preciso querer, também é preciso poder fazer o que se quer, com muita qualidade e profissionalismo, já que, quando falamos de "Seguimento Farmacoterapêutico", o ter só uma licenciatura em Ciências Farmacêuticas ou mesmo até já ser mestre, não chega...

 

Nesta sessão a Dra. Assunção Martinez falou do exemplo da Suíça, onde cada doente está alojado a uma farmácia, cabendo ao farmacêutico dessa farmácia efectuar o Seguimento Farmacoterapêutico, seguindo de perto a "saúde" do doente.

Em Portugal, a nível de estrutura, nomeadamente a nível de comunicação informática (receituário disponível on-line e identificação do doente através do Cartão de Cidadão), parece que tudo se encaminha para podermos trabalhar em pleno nesta área. A pergunta é: para quando?

 

Muitos farmacêuticos fazem este Seguimento, mas sem qualquer remuneração acrescida. É bom que se distinga o que é um bom atendimento farmacêutico do que que é o Seguimento Farmacoterapêutico. Sei que a população em geral não faz ideia do que é este serviço e de que forma seria de tamanha utilidade para a melhoria da saúde de todos, ajudando também a reduzir o desperdício que a incorreta medicação acarreta.

 

Afinal, o que é isto do Seguimento Farmacoterapêutico?

"Seguimento Farmacoterapêutico é uma prática profissional em que o farmacêutico se responsabiliza pelas necessidades do doente relacionadas com os medicamentos, através da detecção, prevenção e resolução dos Resultados Negativos da Medicação (RNM), de modo contínuo, sistemático e documentado, em colaboração com o próprio doente e com os outros profissionais da saúde, com o objectivo de atingir resultados concretos que melhoram a qualidade de vida do doente."

 

 

Gosto sempre de relembrar que este serviço em nada substitui o papel do médico como responsável pela prescrição de medicamentos. O farmacêutico, sempre em colaboração com o médico e com o utente, tenta de uma forma eficaz e muito presente que os medicamentos sejam tomados corretamente, evitando o desperdício e melhorando a qualidade de vida dos doentes.

 

Claro que, como não resisto comentar sempre alguma notícia que apareça sobre este assunto, voltarei em breve a este tema.

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:02

image.jpg

Hoje vou dirigir-me à mamãs. Já ouviram falar da Corine de Farme e da sua gama Koala, aquela que tem este boneco tão fofo?

image.jpg

Os produtos da gama Koala são formulados a partir de ingredientes de origem natural, com Cold Cream Vegetal, que acalma, nutre e cuida da pele do bebé.

Sem parabenos, sem corantes e sem álcool, esta linha foi pensada para a pele muito seca e sensível dos bebés desde o primeiro dia.

São produtos que podem ser usados com toda a segurança e que se encontram à venda exclusivamente em farmácias.

image.jpg

E agora, pode mimar o seu bebé com os produtos Koala e, ao mesmo tempo, ajudar as crianças do Refúgio Alboim Ascensão.

 

A campanha decorre de Julho a Dezembro e consiste no seguinte:

"Leve um segundo produto da gama Koala por apenas mais 2€, revertendo 1€ a favor do Refúgio Aboim Ascenção."

 

O Refúgio Aboim Ascenção tem como principal lema o direito de cada criança crescer num ambiente estruturado. Para tal, acolhe crianças dos 0 aos 6 anos e tenta por todos os meios a possível integração na família natural ou, quando tal não é possível, numa outra família que lhes proporcione um ambiente saudável e feliz onde possam crescer com "o colo" a que todas as crianças têm direito.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:28

image.jpg

 

"Os cães de assistência não só prestam um serviço especifico a pessoas com deficiência, como atuam de forma a melhorar a sua qualidade de vida e de uma maneira geral devolvem ao seu dono a sensação de independência e liberdade."

 

Os deficientes visuais são aqueles que já nos habituámos a ver acompanhados pelos seus Cães de Assistência, mas muitas outras pessoas com várias doenças, podem beneficiar com a ajuda destes nossos amigos.

 

A Associação Portuguesa de cães de Assistência (APCA) forma e certifica cães em Portugal.

 

Faça um clique AQUI e veja como alguns cães devidamente treinados podem ajudar os seus donos diabéticos, uma doença tão vulgar entre nós.

 

Os cães de Diabéticos são treinados para identificar e agir de acordo com as mudanças de aroma que a hipoglicemia (baixa glicose no sangue) cria na química do corpo. Já viu a importância que isto pode ter, por exemplo, durante a noite? E para uma criança, que muitas vezes, tem dificuldade em detectar os sintomas?

 

Passe esta informação aos seus amigos...

image.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:10

O segredo das Ampolas MartiDerm

por dicasdefarmaceutica, em 16.07.15

image.jpg

Se já tinha ouvido falar desta marca? Claro que sim! Mas, na realidade, nunca tinha experimentado e muito pouco sabia sobre ela.

 

A convite da MartiDerme, no passado mês de Junho, assisti a uma apresentação num evento na Farmácia Imperial, na Av. Guerra Junqueiro, em Lisboa. Fantástico! Um evento diferente, com muito "glamour", feito numa farmácia não muito grande, que adaptou o seu espaço para nos receber de uma forma muito profissional e muito simpática.

Muito obrigada à MartiDerm e parabéns à equipa da Farmácia Imperial por esta iniciativa!

image.jpg

 

A origem da marca data de 1952 e tem origem em Barcelona, onde o seu fundador, José Marti Tor, fundou a sua Farmácia com o mesmo nome (Farmácia Marti Tor). Este farmacêutico, visionário para o seu tempo, tornou a sua farmácia uma referência, pois especializou-se na elaboração de fórmulas dermatológicas personalizadas, sob prescrição médica.

 

De 1952 até hoje, a família Marti Tor não parou e em 1997, fundaram o laboratório Marti Tor e criaram a marca MartiDerm.

image.jpg 

A MartiDerme oferece uma gama vasta de produtos, mas o produto-estrela da marca são as ampolas "anti-aging facial", que têm em comum uma fórmula avançada composta de Proteoglicanos e Vitamina C pura, que são a chave do sucesso.

Os Proteoglicanos têm ação hidratante e refirmante e a Vitamina C tem uma ação antioxidante, prevenindo o fotoenvelhecimento.

 

Estas ampolas unidose são "descartáveis", evitando assim a oxidação do produto ao ar.

 

Eu estou a utilizar as ampolas "photo-age", cuja composição é 3% de Proteoglicanos e 15% de Vitamina C. Esta alta concentração de princípios ativos melhora rapidamente a estrutura da pele e o efeito imediato é notório; desde a primeira ampola, notei a pele mais luminosa e macia, claro que as rugas cá continuam, mas não há milagres...

image.jpg

 

A longo prazo, a utilização das ampolas previne e corrige as rugas e aumenta a firmeza da pele.

 

Cada pessoa deverá aconselhar-se na farmácia para saber quais as ampolas adequadas ao seu tipo de pele e às suas necessidades.

 

Todas vamos algum dia querer experimentar as ampolas "Flash". Como o seu nome indica, num "flash" elimina os sinais de fadiga e stress e transforma a pele mais cansada, numa pele luminosa, sem imperfeições. Têm a vantagem se poderem aplicar em todos os tipos de pele.

image.jpg

A MartiDerme encontra-se à venda em mais de 150 farmácias em Portugal e é aconselhada por um grande número de dermatologistas e cirurgiões plásticos.

 

Como é lema da marca "os produtos MartiDerm dizem o que fazem e fazem o que dizem"...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:20

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Julho 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog