Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Visita à Fundação Champalimaud

por dicasdefarmaceutica, em 27.04.15

image.jpg

 

Por ocasião das jornadas "Technological Innovation Across the Oncology Care Cycle" de que vos falei no último post (VER AQUI), tive oportunidade de fazer uma visita às instalações da Fundação Champalimaud.

Esta Fundação é, além de um centro europeu de referência em cancro, um dos centros tecnologicamente mais bem dotados, do nosso continente. Totalmente equipada com a melhor tecnologia de última geração, põe à disposição dos seus pacientes e profissionais, sistemas que facilitam a detecção precoce, a tomada de decisões mais informadas por parte dos médicos, intervenções menos invasivas e mais efetivas e melhores recuperações.

image.jpg

 

A visita começou pelo serviço de Imagiologia, um dos centros mais avançados do mundo em Imagiologia pré-clínica. Tive oportunidade de ver os equipamentos de Ressonância Magnética, técnica não invasiva e segura, utilizada tanto para fins de diagnóstico, como de investigação.

image.jpg

 

Seguimos para a Medicina Nuclear, uma especialidade utilizada simultaneamente no diagnóstico e na terapêutica.

Como nos explicou o Professor Durval Costa, diretor deste serviço, "a base fundamental da medicina nuclear é o radio fármaco – uma substância ativa que inclui um radionuclídeo que emite radiação. O radio fármaco que é administrado (oralmente ou por via intravenosa) no doente é então captado e retido pelas células e tecidos. A capacidade que o radio fármaco tem de localizar órgãos específicos e células recetoras permite-lhe fornecer informação sobre o processo da doença, baseado na função e anatomia celular. As emissões do radio fármaco são captadas por detetores externos, como a câmara gama ou o tomógrafo PET/CT, que têm a capacidade de criar imagens a partir dessa radiação".

Como éramos um grupo grande, não foi possível visitarmos a radiofarmácia...ficará para uma próxima visita.

image.jpg

 

Seguimos para a sala de Radioterapia e Hospital de Dia. Este Hospital é dotado de 32 estações individuais de tratamento, que permitem ao doente a máxima privacidade e conforto. Quando o tempo está convidativo, o que não aconteceu no dia da visita, os doentes podem optar por receber os tratamentos no jardim exterior.

image.jpg

 

image.jpg 

 

image.jpg

 

Seguiu-se a visita à primeira sala híbrida da Philips em Portugal, que associa a todas as capacidades de um bloco operatório, um conjunto de dispositivos médicos de aquisição de imagem de elevada acuidade e definição. Permite assim realizar procedimentos cirúrgicos ou de radiologia de intervenção com imagem intra-operatória em 3D.

São executadas cirurgias minimamente invasivas, sem necessidade de internamento. Prevê-se que , dentro de muito pouco tempo, o internamento seja possível nas instalações da Fundação.

image.jpg

 

 

image.jpg

 

image.jpg

 

É bom sabermos que em Portugal existem estes serviços de excelência, possíveis graças a parcerias tecnológicas e científicas como esta, entre a Philips e a Fundação Champalimaud.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog