Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Diabetes em Portugal

por dicasdefarmaceutica, em 16.11.14

image.jpg

 

Foi com muito prazer que aceitei o convite dos meus amigos Nuno Carneiro (Diretor da revista Frontline) e Ana Laia (Editora da mesma revista) para assistir a mais um debate "Portugal 2030", com o tema "A Diabetes em Portugal", que decorreu sexta-feira no Hotel Intercontinental, em Lisboa.

 

Este debate encerrou as comemorações do "Dia Mundial da Diabetes" e contou com a presença de ilustres figuras ligadas a este tema. As duas horas de palestras passaram rapidamente, tal foi o interesse das mesmas, com a apresentação de diapositivos que nos fizeram não desviar o olhar do écran.

image.jpg

 

O primeiro orador foi o Dr. José Manuel Boavida, representante da Direcção Geral da Saúde, que falou dos "Desafios para a prevenção da Diabetes Tipo II". O aparecimento de 160 novos casos de Diabetes por dia faz-nos pensar quão importantes são as medidas de prevenção a adoptar e a melhorar.

Salientou os programas de prevenção em curso como o programa "Stop Diabetes", desenvolvido pela Associação Protectora dos Diabéticos em Portugal, que pretende sensibilizar a população portuguesa para a diabetes e promover a adopção de estilos de vida saudáveis. Falou ainda da Prevenção Terciária (tratamento das complicações), nomeadamente do Pé Diabético, Retinopatia e Insuficiência renal.

 

Seguiu-se a apresentação da Prof. M. Helena Cardoso, representante da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo que abordou o tema "Desafios para o Tratamento da Diabetes em Portugal". Começou por constatar o tema complicado que lhe calhou; tratar um doente diabético não é fácil, pois o doente tem que ser um parceiro na decisão do tratamento a seguir e as diferentes decisões devem ser sempre partilhadas.

No que diz respeito ao tratamento, é importante referir que entre 2009 e 2013, os números dizem-nos que temos pessoas mais bem tratadas, com HbA1C abaixo dos 6,5; impõe-se, cada vez mais, macro-intervenções ao nível do tratamento. Terminou com a frase: "Esta epidemia tem que parar!"

 

A apresentação do Dr. Luis Gardete Correia, representante da Associação Protectora dos Diabéticos em Portugal, teve como tema "A importância do Tratamento Integrado do Doente com Diabetes".

Mostrou várias fotografias desta importante Associação, que foi fundada em 1926 para distribuir insulina aos doentes pobres (Associação Portuguesa dos Diabéticos Pobres) e que foi a primeira associação de diabéticos do mundo. A APDP hoje dispõe de infra-estruturas com tudo aquilo que uma doença como a Diabetes necessita para acompanhar os doentes, desde o diagnóstico, à terapêutica, aos cuidados diários e várias consultas das especialidades relacionadas. Conta ainda com uma "Escola de Diabetes" e uma "Farmácia Social". Aconselho-vos a visitarem o site (VER AQUI).

 

O Prof. Francisco Carrilho, Director do Serviço de Endocrinologia do CHUC, falou das "Novas Tecnologias e Inovação no Tratamento do Doente com Diabetes". Falou com preocupação da redução da possibilidade da colocação de Bombas Infusoras nos doentes, devido aos custos elevados das mesmas. Comparou o número de Bombas Infusoras em Portugal (cerca de 3%) com os números de outros países, como a Suécia (cerca de 25%) ou os Estados Unidos (perto dos 40%). A importância desta tecnologia no controle da Diabetes, sobretudo no que diz respeito a hipoglicémias, é enorme e os custos que se podem poupar em internamentos evitáveis, absentismo ao trabalho, além de outros, tem que ser considerado, quando as contas são feitas pelos nossos governantes. Ouvi com satisfação o Prof. Carrilho referir que a gestão da Diabetes será feita dentro de pouco tempo pelo chamado "Pâncreas Artificial"(VER AQUI).

 

Seguiu-se o orador Prof. João Nabais, representante da "European Association of Diabetes Patients"com o tema "A experiência e acesso dos doentes europeus à inovação".

Começou por falar do símbolo "Círculo Azul", tão falado no Dia Mundial da Diabetes e qual o seu significado: o círculo simboliza a vida longa e saudável e o azul representa o céu e é a mesma cor da bandeira das Nações Unidas, que representa também a união entre os países. Como diabético, falou da sua experiência e das diferenças existentes nos vários países, sobretudo ao nível do tratamento e, consequentemente do controle da doença.

image.jpg

 

A intervenção do Dr. Fernando Leal da Costa, Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde, fechou esta sessão.

Como médico e representante do Estado, falou com conhecimento e preocupação sobre toda a problemática da Diabetes, do diagnóstico à prevenção e sobretudo do tratamento e das novas tecnologias. O tema "Diabetes" está "em cima da mesa"!

image.jpg

 

Sensibilizar as entidades oficiais é um dos grandes objectivos destas sessões e, mais uma vez, o objectivo foi cumprido.

Aconselho-vos a estarem atentos aos próximos números da revista Frontline, que terão com toda a certeza várias páginas dedicadas a esta conferência.

 

Ana e Nuno, obrigada pelo convite!

 

Parabéns à "Frontline" por estas iniciativas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Novembro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Pesquisar

  Pesquisar no Blog