Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dia Nacional da Prevenção do Cancro da Mama

por dicasdefarmaceutica, em 30.10.14

image.jpg

 

No âmbito das comemorações do Dia Nacional da Prevenção do Cancro da Mama que se assinala hoje, o "cor-de-rosa" vai iluminar "monumentos solidários" (Cristo Rei e Marquês de Pombal) a partir das 19 horas.

Trata-se de uma iniciativa da Associação "Ame e Viva a Vida", uma Associação de doentes, cujo principal foco é a prevenção, a sobrevivência e a cura.

A Luta contra o Cancro é, não só na prevenção, mas também na cura da doença, cujo objetivo é que seja um tratamento cada vez menos mutilante e mais curativo.

Esta doença afeta todos os anos 4500 portuguesas, surgindo diariamente 11 novos casos.

A mulher deve estar atenta ao seu corpo todos os dias do ano. Sobre este olhar atento da mulher para o seu corpo, "Check Yourself" é um filme da Avon que eu gosto muito.VER AQUI

Deixo-vos com duas imagens atuais da campanha deste ano, que faz um alerta aos Homens para o cancro da mama.

image.jpg

image.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:07

Dia Internacional do Combate ao AVC

por dicasdefarmaceutica, em 29.10.14

image.jpg

 

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é uma urgência médica e é a primeira causa de morte em Portugal.

Hoje celebra-se em todo o mundo o Dia do Combate ao AVC.

É uma doença neurológica provocada pela diminuição súbita do aporte de sangue a uma determinada região do cérebro. Poderá ter como origem o "entupimento" de uma artéria cerebral, ficando impossibilitada a chegada de sangue a essa região do cérebro (AVC isquémico) ou o "rompimento" de uma artéria (AVC hemorrágico).

As mulheres são mais afetadas pelo AVC do que os homens, particularmente na terceira idade. A maior esperança de vida no sexo feminino é um dos fatores que contribui para este facto.

A hipertensão é um dos maiores fatores de risco do AVC e esta também é mais frequente e mais elevada na mulher após a menopausa.

A prevenção deve ser feita o mais precocemente possível, adoptando um estilo de vida saudável, com atividade física regular, baixo consumo de sal, abstenção de tabaco e uma dieta equilibrada, rica em frutas e vegetais.

Neste dia, vou deixar aqui um cartaz partilhado hoje pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) sobre os sinais de alerta do AVC e como actuar de imediato na presença destes sinais:

image.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:34

Fundo para medicamentos inovadores

por dicasdefarmaceutica, em 28.10.14

image.jpg

 

Várias vezes lemos e ouvimos notícias sobre o bloqueio à investigação e à chegada de medicamentos inovadores, devido ao preço elevado e a esta crise que se vai alongando no tempo.

A entrada em Portugal de determinados medicamentos para doenças como a SIDA e o Cancro demoram a chegar aos nossos doentes.

Para fazer face a este problema, um grupo de reflexão na área da saúde defende a criação de um fundo para a inovação, com dinheiro do orçamento do Estado e da Indústria Farmacêutica. A proposta foi feita por um grupo de especialistas que participaram no Think Tank - Pensar a Saúde, coordenado pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Universidade Nova de Lisboa, com o apoio da farmacêutica Roche.

A mim parece-me uma ideia fantástica; só em conjunto e com o apoio de quem sabe verdadeiramente do assunto, é que se conseguem estabelecer prioridades, de modo a trazer maior qualidade de vida aos doentes.

Vamos ver o que acham os nossos políticos que, muitas vezes parecem não falar a mesma linguagem que nós. Se pensarmos que a inovação terapêutica pode trazer a médio e longo prazo ganhos em saúde para todos, vai valer a pena investir na criação deste fundo.

Se pensarmos "pequenino" e se acharmos que tudo o que é inovação é só despesa, nunca mais evoluímos e quem sofre com isto somos todos: doentes, famílias, sociedade e até o próprio Estado que, em vez de investir na prevenção e na inovação, prefere gastar só na doença.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:34

Apanhar Sol pode emagrecer

por dicasdefarmaceutica, em 27.10.14

image.jpg

 

Depois de todos sabermos que o Sol tem algum efeito anti-depressivo e até depois de o ter considerado uma "droga" (VER AQUI), mais uma novidade sobre este nosso amigo: investigadores de várias universidades dizem que a exposição aos raios UV pode emagrecer. Isto acontece porque, a exposição solar ajuda a libertar óxido nítrico, uma composto químico que ajuda no metabolismo.

"A equipa de investigadores descobriu que ratos sobrealimentados em laboratórios e expostos a luz UV aumentavam de peso mais lentamente e também apresentavam menos sinais de alerta ligados à diabete tipo 2, como níveis alterados de glicose e resistência à insulina. O estudo, publicado na revista científica Diabetes, alerta, no entanto, que os resultados verificados nos ratos não têm, necessariamente, correspondência precisa nos humanos, pelo que é preciso continuar a investigar".

Alguns investigadores dizem mesmo que os conselhos de saúde relativos à exposição solar têm que ser repensados, pois "o cancro de pele não é a única doença que pode matar".

Não podemos ser radicais em relação ao Sol. Tem que haver um equilíbrio e devemos aproveitar o bom que o Sol tem para nos dar, pois talvez até possamos ficar mais elegantes...que tal?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:16

"A Próxima Peste"

por dicasdefarmaceutica, em 25.10.14

image.jpg

 

Agora com o nome "ÉBOLA"a lembrar-nos todos os dias que as epidemias existem, não pude deixar de me lembrar de um livro que li há alguns anos de uma jornalista científica americana, Laurie Garrett, de 1994 e que é estranhamente atual.

A autora fala sobre as novas doenças que podem ameaçar a vida humana. Além de estudos científicos avançados sobre várias doenças, como por exemplo SIDA, ÉBOLA, MALÁRIA, FEBRE AMARELA, DENGUE, MENINGITE, TUBERCULOSE, fala da disseminação dos vários microorganismos pelo mundo, de noções de saúde pública, de ecologia e de muitos fatores ligados às doenças infecciosas.

Quando a palavra "GLOBALIZAÇÃO" está cada vez mais presente no nosso dia-a-dia, o mundo tem que estar alerta para a propagação das doenças.

Já em 1918, uma mutação do vírus da gripe espalhou-se rapidamente pelo mundo e, no espaço de um ano, matou pelo menos 50 milhões de pessoas. A gripe espanhola, como ficou conhecida, matou mais gente do que a primeira guerra mundial, que aconteceu na mesma época (500 milhões de pessoas foram infectadas pela gripe espanhola).

O ÉBOLA ainda não se espalhou pelo mundo porque, diferente do vírus da gripe, não se propaga pelo ar (apenas pelo contato com secreções e fluidos corporais da pessoa infectada) e porque, por exemplo, ao contrário do HIV, ele mata depressa, evitando que a pessoa tenha tempo para espalhar a doença. O grande problema é se este vírus sofrer uma mutação; aí, a humanidade pode não escapar a uma epidemia global.

O grande sonho de muitos cientistas do século XX de irradiar ou, pelo menos controlar, todas as doenças infecciosas, não passa disso mesmo, de um sonho, pois a realidade do século XXI é bem mais dura.

Não há dúvida de que, mais tarde ou mais cedo, as próximas epidemias acabarão por surgir; o segredo, terá que passar por criar todas as armas para as prevenir.

Laurie Garrett escreveu um livro de utilidade pública, que aconselho todos os curiosos por estes temas a ler, pois vão espantar-se com a atualidade de um livro escrito há 20 anos.

PARA QUANDO A "PRÓXIMA PESTE"?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:37

image.jpg

Não tenho muito o hábito de falar de dicas de alimentação, pois já há muita gente a fazê-lo mas hoje, quando li uma notícia que dizia que comer fruta e legumes diariamente, dá felicidade, achei que tinha que partilhar no blog.

Todos queremos ser mais felizes!

Pois é, segundo um estudo da Universidade de Queensland, comer cerca de 10 frutas e legumes todos os dias ajuda a melhorar, não só a saúde física, mas aumenta também o sentimento de felicidade.

Além disso, este estudo indicou também que os efeitos positivos de um maior consumo de frutas e legumes são mais fortes nas mulheres, embora se desconheçam as razões para esse facto.

Penso que o sentimento de felicidade ao comer de forma saudável, deve-se a uma agradável sensação de saciedade, com níveis baixos de açúcar, com poucas calorias. Ao comermos frutas e legumes, ingerimos uma boa quantidade diária de antioxidantes, com resultados óbvios na imagem e, pelos vistos, no sorriso e na alegria.

Eu, que sou tão gulosa e que me sinto sempre tão feliz ao comer uma trouxa de o ovos, sabia que a frutinha era mais saudável, mas estava longe de pensar que o seu consumo aumentava a minha felicidade...

Uma dica: aumente o consumo diário de frutas e legumes e seja mais feliz!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:21

O medo de tomar a vacina da gripe

por dicasdefarmaceutica, em 22.10.14

image.jpg

O Instituto Nacional de Saúde (INSA) fez um estudo, através de inquéritos a cerca de 1000 famílias e chegou à conclusão que muitas pessoas pertencentes a grupos alvo (mais de 65 anos e doentes crónicos) não se vacinam contra a gripe, por três razões:

1 - Associam a vacina a efeitos secundários ou à indução de doença.

2 - Acham que são saudáveis e não desenvolvem a doença e, se a desenvolverem, não é grave.

3 - Difícil acesso ao médico de família.

Relativamente ao primeiro ponto, não há razão para ter medo dos efeitos secundários, pois estes são raros e, muitas vezes, aparece alguma infecção respiratória ou constipação, muito comum nesta época, que nada tem a ver com a administração da vacina.

Relativamente ao segundo ponto, a gripe pode ser uma doença grave para todas as pessoas, em especial para os grupos alvo, pois trata-se de pessoas mais fragilizadas, com maior dificuldade de combater as infecções.

Em relação ao terceiro ponto, e para as pessoas com mais de 65 anos, a vacina é gratuita no Centro se Saúde e não necessita de prescrição médica para ser administrada.

Só há uma maneira de prevenir a gripe: A VACINA

Apesar de já ter falado neste tema (VER AQUI), achei importante voltar ao assunto, pois nunca é demais apostarmos na prevenção e perguntarmos às pessoas dos grupos alvo que nos rodeiam: "Já tomou a vacina da gripe?" Façam a pergunta aos vossos amigos e familiares.

Com este calor e este tempo incerto, pode parecer que as gripes não vão chegar, mas elas podem estar "à espreita"...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27

Lavar as mãos pode salvar vidas

por dicasdefarmaceutica, em 21.10.14

image.jpg

Agora que todos os dias ouvimos na televisão casos de transmissão de vírus mortais, convém fazer um alerta para a lavagem correta das mãos.

Lavar as mãos devidamente é o primeiro passo no controlo das infecções, pois trata-se de uma das medidas mais importantes para diminuir o risco de transmissão de uma infecção de uma pessoa para outra. As mãos podem ser transportadoras de microorganismos, que podem causar doenças. Por exemplo, sabe-se que uma das vias mais frequentes de transmissão do vírus da gripe é através das mãos.

A lavagem frequente das mãos é obrigatória, principalmente:

- Após a utilização das instalações sanitárias.

- Antes das refeições.

- Antes de manipular ou consumir alimentos.

- Depois de espirrar, tossir ou de se assoar.

- Depois de mexer em animais.

- Após remover os sacos de lixo.

- Após brincadeiras ao ar livre (crianças).

Não vou aqui falar nos cuidados que os profissionais de saúde devem ter na lavagem e desinfecção das mãos, pois neste caso, toda a higienização é mais rigorosa.

No entanto, é importante referir que, em meio hospitalar, lavar as mãos deve ser uma prioridade. Doentes e familiares e amigos que os visitem devem ter também um cuidado especial na lavagem das mãos, antes de entrar nas enfermarias e depois da visita. Podem também friccionar as mãos com um preparado alcoólico desinfectante, habitualmente disponível à entrada dos serviços.

Como lavar e secar as mãos?

image.jpg

1 - Molhar as mãos com água.

2 - Aplicar sabão suficiente para cobrir todas as superfícies da mão. É sempre preferível sabão líquido, pois é de mais fácil manuseamento.

3 - Esfregar as mãos vigorosamente até aparecer espuma e continuar pelo menos 10 segundos, esfregando as mãos entre os dedos, unhas e palma das mãos (ver imagens).

4 - Passar as mãos por água corrente.

5 - Secar as mãos devidamente, preferencialmente com toalhetes descartáveis. As mãos molhadas contaminam-se mais facilmente. Os secadores elétricos não são muito recomendados porque há muitas pessoas que não secam bem as mãos e sabe-se que os próprios secadores podem acumular bactérias, que acabam por se depositar nas mãos e ser transmitidas para o ar envolvente.

6 - Se a torneira não fecha automaticamente ou se não existe um mecanismo de fechar com o braço, deve-se fechar a torneira, envolvendo as mãos com o papel ou com a toalha.

LAVAR AS MÃOS PODE SALVAR VIDAS!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:44

"Sal & Vida" para uma Alimentação mais saudável

por dicasdefarmaceutica, em 20.10.14

image.jpg

Celebrou-se a semana passada o dia Mundial da Alimentação. Neste contexto, vou alertar mais uma vez para o perigo do excesso de sal na nossa alimentação.

Os portugueses consomem duas vezes mais sal do que o recomendado pela Organização Mundial de Saúde (5g de sal e 2g de sódio por dia ). Usamos sal para cozinhar e, como se tal não bastasse, ainda temos o hábito de pôr o saleiro na mesa.

Sabe-se que o consumo excessivo de sódio é um dos principais fatores de risco de hipertensão e causador de AVC.

Sal & Vida é uma boa alternativa ao uso do sal. Trata-se de um produto 100% natural, com cinco vezes menos sódio e com apenas 0,1% de potássio e é indicado para todas as pessoas, de todas as idades.

Para conseguir uma refeição saudável e saborosa, pode-se cozinhar sem sal ou só com ervas aromáticas e, no final, já no prato, adiciona-se o Sal & Vida. A sua utilização em spray permite que o produto se espalhe uniformemente no prato, de forma a conseguirmos o sabor ao qual nos habituámos.

Este produto existe em farmácias, parafarmácias, lojas de produtos naturais e lojas gourmet. 

Com o objetivo de experimentarem este produto e poderem saborear o verdadeiro sabor dos alimentos, sem adicionar o sal tradicional, consultem as receitas saudáveis e as dicas e sugestões úteis de Sal & Vida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:25

A utilidade do uso de Palmilhas

por dicasdefarmaceutica, em 18.10.14

image.jpg

O uso de palmilhas adequadas torna-se de grande utilidade na prevenção de lesões, não só dos pés, mas também das pernas, joelhos e costas.

Existem muitos tipos de palmilhas, sendo as mais utilizadas as de conforto e amortecimento, que têm como principal objetivo amortizar parte do choque ao tocar com os pés no chão. Os sapatos desconfortáveis são os responsáveis por muitas das dores nos pés; o uso de palmilhas torna-se muito eficaz neste caso, sobretudo em sapatos já usados, em que o pé quase contacta com o chão.

As calcanheiras em gel estão a ser cada vez mais aconselhadas para algumas patologias da coluna. Conheço muita gente que sentiu alívio imediato das dores nas costas com o uso destas palmilhas. Muitas assimetrias podem ser corrigidas com o uso destas palmilhas, sendo utilizadas só num dos pés (direito ou esquerdo), consoante a assimetria. Também se usam nos problemas dos calcanhares, muitas vezes responsáveis por dores insuportáveis durante a marcha.

image.jpg

Para as mulheres, a grande invenção das palmilhas plantares e as de conforto para saltos altos foram uma invenção preciosa, para nos deixarem andar sem esforço "penduradas" no cimo dos saltos altos.

image.jpg

image.jpg

Para os mais desportista surgiram agora as palmilhas Foot Balance, uma grande ajuda na prevenção de lesões. Estas palmilhas são feitas à medida de cada pessoa numa máquina computorizada e a sua execução demora apenas cerca de 15 minutos.

image.jpg

Se de alguma forma sofre com os seus pés, informe-se sobre o uso de palmilhas; aconselhe-se com o seu farmacêutico!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Outubro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog