Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Um estudo britânico publicado na "PLOS Medicine", feito por investigadores das Universidades de Londres, Oxford e Glasgow, revela que as crianças que tomam diariamente o pequeno almoço apresentam menor tendência para contraírem diabetes tipo 2 do que as crianças que só tomam o pequeno almoço de vez em quando ou nunca.

Este estudo foi feito a 4000 crianças, com 9 e 10 anos. Uma em cada quatro crianças revelou não tomar o pequeno almoço todos os dias.

Além da diabetes, outros fatores são importantes: sabe-se que a capacidade de concentração e os resultados escolares também são melhores em crianças que tomam o pequeno almoço.
O risco de obesidade também é menor nestas crianças.

Relativamente à qualidade do pequeno almoço, vou deixar essa tarefa para os especialistas em nutrição e para os muitos posts que aparecem diariamente sobre este assunto.

Não seja influenciado pela pressa de sair de casa de manhã; programe o despertador para 15 ou 20 minutos mais cedo e obrigue toda a família a tomar o pequeno almoço!
Lembre-se que os hábitos alimentares que temos na idade adulta criam-se na infância.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:36

Dia Internacional do Idoso

por dicasdefarmaceutica, em 30.09.14

Comemora-se hoje o Dia Internacional do Idoso.

Este dia foi instituído em1991 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como objetivo sensibilizar a população para a necessidade de proteger e cuidar da população idosa.

Segundo os dados do Eurostat, Portugal será um dos países da União Europeia com maior percentagem de idosos e menor percentagem de população ativa em 2050.

O Instituto Nacional de Estatística prevê que, em 2050, um terço da população portuguesa seja idosa e quase um milhão tenha mais de 80 anos.

Viver muitos anos não é sinónimo de viver bem; há que cuidar, que tratar, que acarinhar e que acompanhar os idosos para que viver muitos anos valha realmente a pena. De que serve viver até aos 100 anos se os últimos 20 forem cheios de dor e sofrimento?

Idosos cuidados e felizes têm muito para nos dar. Quanto maior a idade, maior a sabedoria, maior a paciência, "maior o tempo" e maior o amor...

"Cuidar do idoso é respeitar o nosso próprio futuro".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

Dia Mundial do Coração

por dicasdefarmaceutica, em 29.09.14

"Para gozarmos a vida em pleno, todos nós necessitamos de um coração saudável. Com o objetivo de sensibilizar todas as pessoas do mundo para o quão extraordinário o seu coração é, como cuidar dele e como promover a sua saúde, comemora-se este dia, tendo sido delegada na Fundação Portuguesa de Cardiologia (F.P.C.) a sua organização e dinamização no nosso país."

 

Cuidar do coração é preciso, por isso siga estes 4 conselhos da Fundação Portuguesa de Cardiologia:

 

- ESCOLHA ALIMENTOS SAUDÁVEIS

 

- ELIMINE O TABACO

 

- SEJA ATIVO

 

- CONHEÇA O SEU RISCO

 

Este último ponto é muito importante, pois só se previne o que se conhece (colesterol, tensão arterial, IMC, etc). Ao conhecer o seu risco de doença cardiovascular, pode fazer um plano específico para melhorar a sua saúde e a sua qualidade de vida.

 

Durante o mês de Maio (mês do coração) abordei este assunto em vários posts (VER AQUI). 

 

Nunca é demais lembramo-nos destes dias...não é a data que importa; é sim, mais uma reflecção sobre os nossos hábitos e sobre como modificá-los, de forma a termos uma vida mais saudável.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08

Depressão - tratar é possível e é preciso

por dicasdefarmaceutica, em 28.09.14

No post de ontem (VER AQUI), falei dos principais sinais de aviso da depressão.

 

Hoje vou abordar o tratamento. Negar a depressão é um dos erros mais comuns e a depressão não tratada pode conduzir a situações muito graves.

 

O tratamento deve ser iniciado o mais precocemente possível; pedir ajuda aos especialistas na matéria é fundamental.

 

Normalmente, conjuga-se o tratamento com medicamentos (antidepressivos) com a psicoterapia e ambos são fundamentais para o sucesso da terapêutica. 

 

6 DICAS A SEGUIR DURANTE O TRATAMENTO:

 

1 - Respeitar todas as indicações do médico, nunca alterando ou interrompendo a medicação por conta própria.

 

2 - Fazer uma alimentação saudável e exercício físico.

 

3 - Regular os horários de sono.

 

4 - Evitar isolar-se e partilhar sentimentos com os amigos e familiares (muito importante).

 

5 - Evitar pensamentos negativos.

 

6 - Quando tiver alguma dúvida ou sentir alguma alteração, peça ajuda (aqui o seu farmacêutico pode ajudá-lo e tranquilizá-lo).

 

Quero ainda alertá-lo que os antidepressivos demoram a actuar. No início do tratamento, pode não sentir qualquer evolução, mas nunca deve suspender a toma.

 

Além disso, alguns efeitos secundários dos antidepressivos são desagradáveis e há uma tendência para suspender o tratamento. Lembre-se que, a maior parte das vezes, eles passam e, se se sentir desconfortável, fale com o seu médico pois há alternativas para cada caso.

 

Alguns dos efeitos secundários dos antidepressivos:

 

- Náuseas (tome os medicamentos com comida e beba líquidos em abundância).

- Aumento de peso (reduza os doces e o fast food e dê preferência às frutas, legumes e cereais).

- Fadiga (faça pausas no trabalho durante o dia, faça exercícios de relaxamento e uma caminhada).

- Insónias (evite bebidas com cafeína à noite e crie hábitos de sono).

- Tonturas (levante-se devagar; evite bebidas alcoólicas, tabaco e beba líquidos em abundância). 

- Ansiedade (faça exercício e aprenda técnicas de relaxamento respiratório e muscular).

- Boca seca (beba água durante o dia, respire pelo nariz e mastigue pastilhas sem açúcar).

- Obstipação (aumente a ingestão de líquidos e de alimentos ricos em fibras).

 

Quando o tratamento está completo nunca se deve suspender a medicação completamente; faz-se uma redução progressiva da dose (chama-se o desmame). Muitas recaidas devem-se à interrupção do tratamento antes do tempo. Quando a pessoa já se sente bem, acha que já não vale a pena continuar a "enfrascar-se" em comprimidos...só o médico pode tomar essa decisão.

 

Não se esqueça: TRATAR A DEPRESSÃO É POSSÍVEL E É PRECISO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:48

Eu tenho um cachorro preto chamado depressão

por dicasdefarmaceutica, em 27.09.14


Vejam este filme...

https://m.youtube.com/watch?v=RTcmNwK4420

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23

Depressão - Sinais de aviso

por dicasdefarmaceutica, em 27.09.14

Quando a tristeza teima em permanecer nas nossas vidas e a pessoa não é capaz de lidar com ela, o melhor é pedir ajuda.

Os primeiros sinais de depressão podem chegar em qualquer altura da vida; é importante estar alerta e reconhecê-los.

 

10 SINAIS DE AVISO:

 

1 - Sentimento de tristeza constante a maior parte do dia, todos os dias.

 

2 - Chorar com frequência.

 

3 - Ter a sensação de vazio, inutilidade e culpa.

 

4 - Sentir ansiedade e inquietação.

 

5 - Ter dificuldade em concentrar-se e em tomar decisões.

 

6 - Ter dificuldade em dormir ou, pelo contrário, sentir vontade de dormir o dia inteiro.

 

7 - Sentir-se cansado a maior parte do dia.

 

8 - Perder ou ganhar peso sem explicação.

 

9 - Ter dores de cabeça constantes.

 

10 - Chegar a ter pensamentos sobre morte ou suicídio.

 

Este são alguns dos sinais de alerta.

Não deixe que a depressão tome conta de si!

Peça ajuda e fale com os especialistas.

 

Tratar a depressão é possível e é preciso.

 

Amanhã continuarei com este tema para vos falar um pouco de como tratar a depressão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:17

Dia do Farmacêutico comemora-se hoje

por dicasdefarmaceutica, em 26.09.14

"Dicas de Farmacêutica" não poderia deixar passar esta data sem falar deste nosso dia.

 

São Cosme e São Damião são os padroeiros da profissão farmacêutica em Portugal e o dia 26 de Setembro foi adoptado em 1989 pela Ordem dos Farmacêuticos como «Dia do Farmacêutico».

 

Todos os anos são várias as comemorações e palestras à volta deste dia e este ano a cidade do Porto foi a contemplada para receber os farmacêuticos que se deslocaram para as referidas comemorações.

 

Segundo a Wikipédia, "os farmacêuticos são profissionais da saúde de tradição milenar, sucessores dos boticários e apotecários, peritos no uso de fármacos e medicamentos e suas consequências ao organismo humano ou animal. De uma maneira geral, podem trabalhar numa farmácia, hospital, na indústria, em laboratórios de análises clínicas, cosméticos, agricultura, prevenção de pragas, distribuição, transporte e desenvolvimento de medicamentos, entre outras funções e lugares."

 

São poucas as profissões tão abrangentes como a do farmacêutico; não nos podemos preocupar unicamente com o medicamento, somos todos "especialistas" de saúde pública.

 

Até 2011 não existiam em Portugal, farmacêuticos desempregados; todos os recém-licenciados eram absorvidos pelo mercado de trabalho. Todos os pais ficavam descansados quando os filhos entravam em ciências farmacêuticas pois, à partida, tinham o futuro assegurado.

É bom refletirmos hoje que, muitos dos recém-licenciados e até os "mestres" estão desempregados ou a ganhar muito pouco, muitas vezes em cargos de direção técnica, com toda a responsabilidade que a função acarreta.

 

Sabemos que muitos jovens vão para ciências farmacêuticas porque não entram em medicina mas, muitos deles, ganham muito gosto pela profissão e praticam-na com uma dedicação sem igual. Também os há que a frustração de não serem médicos os acompanha toda a vida e nunca conseguem assumir o papel de farmacêuticos.

 

O gosto pelos "tubinhos de ensaio" foi-me passado por um tio farmacêutico. Quando me candidatei ao curso coloquei "ciências farmacêuticas" como única opção, tal era a certeza da escolha que estava a fazer.

Gostei do curso, estudei muito e fiz alguns dos meus melhores Amigos. Temos um grupo de farmacêuticos que se encontra, pelo menos, uma fim-de-semana por ano e, cada um no seu local de trabalho (farmácia, laboratório, indústria, faculdade), falamos sempre com orgulho da nossa profissão, apesar das lamentações...

 

O Farmacêutico gosta de ajudar!

O Farmacêutico gosta de se atualizar!

O Farmacêutico tem um papel muito importante na prevenção da doença!

O Farmacêutico colabora ativamente na promoção da saúde!

Não deixem que o Farmacêutico deixe de ter importância na nossa sociedade; aproveitem os seus conhecimentos!

 

FELIZ DIA DO FARMACÊUTICO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51

Dicas para quem vive com cancro

por dicasdefarmaceutica, em 25.09.14

A Associação "Laço" lançou o e-book "Dicas para quem vive com cancro".

 

Esta ferramenta é uma ajuda preciosa durante todo o processo da doença.

 

O doente vai lê-lo na íntegra e ver que são 60 páginas que o vão acompanhar.

 

Serve também para amigos e familiares, de modo a lidarem da melhor forma com toda a situação.

 

Acho particularmente interessante a lista de questões que podem ser colocadas à equipa que acompanha o doente, as dicas e conselhos para cada tratamento e a explicação de tudo o que pode acontecer, de forma a preparar o doente para todas as situações normais e até para os imprevistos.

 

Tem ainda dicas de relaxamento e de alimentação, dadas por especialistas na matéria.

 

Não me vou alongar mais sobre este assunto, pois pode consultar e fazer o download em www.laço.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:43

Cheque-farmácia

por dicasdefarmaceutica, em 24.09.14

Entra em vigor a partir de Maio o cheque-farmácia, uma iniciativa da Câmara Municipal de Castelo de Paiva.

Trata-se de um cheque que pretende apoiar residentes comprovadamente carenciados, de modo que todos tenham acesso à medicação necessária.

 

A câmara disponibiliza 15000€, que vai distribuir em cheques-farmácia pela população, em função dos rendimentos e do agregado familiar.

 

São várias as farmácias de Castelo de Paiva que aceitam estes cheques, os quais podem ser utilizados também em vacinas não comparticipadas, leite para os bebés, fraldas e outras necessidades básicas.

 

Quis partilhar convosco esta iniciativa, pois pode ser que mais entidades se lembrem que há muita gente que não toma os medicamentos porque não tem dinheiro para os comprar.

Agora que estamos na campanha "Uso do medicamento - somos todos responsáveis" (VER AQUI), é mais um assunto a refletir.

 

Quantas vezes no balcão da farmácia, nos apercebemos que o dinheiro não chega para levar todos os medicamentos? E o resto? Fraldas para crianças e idosos, leites e outros artigos não comparticipados são considerados por muitos, artigos de luxo, pois não têm dinheiro para os comprar.

 

Parabéns à Câmara Municipal de Castelo de Paiva! Aguardamos mais iniciativas como esta...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24

Campanha "Uso do medicamento - somos todos responsáveis"

por dicasdefarmaceutica, em 23.09.14

O uso correto dos medicamentos é das matérias que mais podem ser melhoradas em termos de qualidade de vida dos doentes.

Nestes últimos anos, e para não estarmos sempre a dizer mal de tudo, penso que tem havido uma maior abordagem a esta problemática e, médicos, farmacêuticos, enfermeiros e doentes estão cada vez mais atentos, mas ainda estamos longe de melhorias significativas neste assunto.

 

SABIA QUE?

 

- As falhas na medicação são uma das principais causas de internamento hospitalar?

 

- Cerca de 75% das falhas na medicação poderiam ser evitáveis?

 

- Cerca de 61% dos portugueses não percebe as instruções médicas?

 

- Cerca de 40% dos doentes crónicos não tem o seu problema de saúde controlado?

 

- O custo dos problemas relacionados com os medicamentos é igual ou superior ao custo dos próprios medicamentos?

 

- Podemos poupar muito dinheiro em todo o mundo através do uso responsável dos medicamentos?

Os números não enganam: a sua qualidade de vida pode ser melhorada com o uso correto dos medicamentos.

 

Arranca hoje uma campanha promovida pela Ordem dos Farmacêuticos com o lema "Uso do Medicamento - Somos todos Responsáveis" que visa "sensibilizar, promover e debater a temática do uso responsável do medicamento, com vista à obtenção de ganhos em saúde".

 

Todos temos que dar muita importância a esta campanha e refletir sobre este assunto.

Só em conjunto, farmacêuticos, médicos e doentes podem contribuir para uma melhoria significativa das estatísticas que serão feitas nos próximos anos sobre o uso correto dos medicamentos.

 

Esta sensibilização deve começar na escola e acompanhar-nos durante toda a vida.

 

Seja responsável pelos seus medicamentos e pelos medicamentos da sua família!

 

Se tem dúvidas, pergunte as vezes que achar necessário, até estar esclarecido!

 

Confie no seu médico e no seu farmacêutico!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog