Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Conheça a sua Tiróide

por dicasdefarmaceutica, em 27.05.14

Estamos na Semana Internacional da Tiróide. Já sei, vão dizer que há semanas e dias para tudo e é verdade, mas isto serve para sensibilizar a população para as várias doenças, de modo a que se possa praticar, cada vez mais, uma medicina preventiva. Se conhecermos um pouco das doenças, dos seus sintomas, do tratamento, todos ficaremos mais enriquecidos e mais saudáveis e poderemos ajudar quem se encontra perto de nós.

A Tiróide é uma glândula que se encontra na parte anterior do pescoço e regula a função de importantes órgãos, como o coração, o cérebro, o fígado e os rins. Esta glândula produz as hormonas tiroideias T3 e T4.
Quando a tiróide liberta estas hormonas em quantidade insuficiente, fala-se de hipotiroidismo; quando produz em excesso, fala-se de hipertiroidismo.
Fala-se de bócio quando o volume da glândula aumenta.

SINTOMAS COMUNS HIPOTIROIDISMO
- O coração bate mais devagar.
- Obstipação.
- A pessoa pode engordar.
- Sonolência.
- Cansaço generalizado, acompanhado de dores musculares e articulares.
- Diminuição da memória.
- Intolerância ao frio.
- Irregularidades menstruais.
- Aumento dos níveis de colesterol.

SINTOMAS COMUNS HIPERTIROIDISMO
- O coração dispara.
- Diarreia.
- Emagrecimento.
- Agitação.
- A pessoa parece ter muita energia, mas acompanhada de algum cansaço.
- Intolerância ao calor.
- Irregularidades menstruais.

A patologia tiróideia é muito comum entre a população portuguesa. "Destaca-se a disfunção tiroideia nomeadamente o hipotiroidismo subclínico, a patologia nodular da tiroide, o cancro da tiroide e a carência iodada na população portuguesa, em particular na mulher grávida", referiu em entrevista Luís Raposo, coordenador do Grupo de Estudo da Tiroide (GET) da Sociedade Portuguesa de Endocrinologia, Diabetes e Metabolismo (SPEDM).
Ver o post do dia 25 deste mês http://dicasdefarmaceutica.blogs.sapo.pt/suplemento-de-iodo-para-gravidas-18408

Mas, no que diz respeito às doenças da Tiróide, as notícias são muito positivas pois, normalmente, trata-de de doenças fáceis de diagnosticar, fáceis de tratar e , muitas vezes, fáceis de curar.
Mesmo as doenças malignas da Tiróide têm uma cura que ronda os 90%.

O que verificamos é que os doentes quando são tratados sentem-se bem. Na farmácia, é muito importante o aconselhamento para que a terapêutica seja feita corretamente, consoante a indicação do médico (endocrinologista) e alertando sempre que a maioria destes medicamentos devem ser tomados em jejum, 30 minutos antes da primeira refeição do dia.

Lembre-se que o reconhecimento de um nódulo na Tiróide pode salvar uma vida!
Lembre-se que a doenças da Tiróide são graves quando não são diagnosticadas e não tratadas!

Vai decorrer amanhã uma grande ação de rastreio na Praça da Figueira da 9h00 às 13h00, em que as pessoas são incentivadas a dar um "High Five" pela prevenção das doenças da Tiróide.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:18

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog