Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Vem aí aquela altura do mês...dói-me a barriga!

por dicasdefarmaceutica, em 20.05.14

A maioria das mulheres conhece bem os sintomas da dismenorreia, mais conhecida por dor menstrual.
80% das mulheres já sentiu estas dores e para 10%, elas podem ser mesmo incapacitantes.

Trata-se de dores abdominais que antecedem ou coincidem com o início de cada período menstrual; podem durar apenas um dia ou prolongar-se por dois ou três. Normalmente são localizadas no abdómen, mas podem irradiar para as costas ou para a região superior das pernas. A sua intensidade pode oscilar mês a mês.

Esta dor deve-se às contrações do útero para remover o tecido que já não necessita, quando a mulher não engravidou. As substâncias químicas que estão na origem da dor são as prstaglandinas, também elas responsáveis pela contração do útero.

Além das dores características, existem outros SINTOMAS associados à dismenorreia:
- Cefaleias (dores de cabeça).
- Irritabilidade.
- Náuseas e vómitos.
- Ansiedade.
- Fadiga.
- Retenção de líquidos.
- Hipersensibilidade dos seios.
- Obstipação ou diarreia.

10 DICAS PARA ALIVIAR AS DORES MENSTRUAIS:

1 - Tomar um banho de imersão com água morna ou colocar um saco de água quente na região do abdómen.
2 - Fazer exercício físico regularmente (pode ser andar), pois este estimula a produção de endorfinas, o "analgésico natural do organismo".
3 - Dar preferência ao consumo de alguns alimentos, nomeadamente bananas, soja, salmão e muitos outros; é importante consumir produtos frescos com propriedades antiinflamatórias e que também funcionam como relaxantes musculares.
4 - Simplesmente, relaxar e distrair-se com alguma atividade que goste.
5 - Evitar as gorduras e as bebidas com cafeína; beber muita água.
6 - Alguns produtos naturais ajudam também no combate à dor. Um dos mais utilizados é o óleo de onagra, o qual contribui para a produção de prostaglandinas.
7 - Algumas pessoas utilizam infusões de gengibre e camomila para relaxar o útero.
8 - Algumas técnicas de massagem ajudam no alívio da dor.
9 - A utilização de contraceptivos orais torna a menstruação menos dolorosa.
10 - Quando a dor é intensa, pode ser necessário a administração de medicamentos com ação analgésica e antiinflamatória.
O medicamento mais utilizado é o ibuprofeno (trifene, brufen, moment) e funciona muito bem; quando a pessoa não pode tomar ibuprofeno, recorre-se também ao paracetamol (ben-u-ron, panadol) ou à butilenoescopolamina (buscopan), além de outros.

Normalmente, quando falamos destas dores, falamos de uma dismenorreia primária, resultante do ciclo menstrual e muito usual entre as mulheres mais jovens. O importante é aprender a lidar com estas dores, para poder optar pela dica ou dicas mais eficazes, o que varia de caso para caso.

De qualquer modo, se a dor se prolongar, deve-se ir a uma consulta médica, pois pode ser uma dismenorreia secundária a alguma patologia, como quistos no ovário, endometriose (crescimento do tecido uterino fora do útero), mioma (tumor benigno do útero), etc...

publicado às 19:14

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Maio 2014

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog