Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Preservar o sorriso bonito das crianças de São Tomé

por dicasdefarmaceutica, em 15.02.16

image.jpeg

 

Hoje trago-vos uma curiosidade: estou hospedada num dos hotéis do grupo Pestana, em São Tomé, e este folheto está em todos os quartos.

A saúde das crianças é uma preocupação de quem vive em São Tomé e de quem aí se desloca para ajudar. O acesso à saúde oral é ainda para uma minoria e cada criança tem em média, três cáries.

 

A informação aos turistas é no sentido de não oferecerem doces às crianças. Em vez disso, dar lápis, canetas, t--shirts...na realidade, eles ficam felizes com qualquer coisa e os seus sorrisos mostram-nos isso mesmo.

 

image.jpeg

  

image.jpeg

 

O Leo é um menino de São Tomé. Não pediu doces, ao contrário de outros que encontrámos na rua. Vendeu-nos um íman (negócio de um tio) e pediu-nos "comida". Sentou-se na nossa mesa e comeu peixe com banana, enquanto nos falava de São Tomé. Diz que quer trabalhar no turismo...está a começar bem.

 

image.jpeg

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:14

Como prevenir a cárie dentária

por dicasdefarmaceutica, em 06.12.15

image.jpg

A cárie dentária resulta de erosões ou cavidades que se formam na superfície dos dentes.

Quando a higiene oral não é realizada corretamente, as bactérias que existem na boca reagem com os restos alimentares, formando uma estrutura que adere aos dentes, denominada placa bacteriana.

 

No início, a cárie dentária é indolor, pelo que não lhe damos grande importância mas, quando não tratada, pode atingir estruturas internas do dente, podendo causar dor em determinadas situações. A cárie não tratada está na origem de muitas perdas precoces dos dentes. Além disso, pode também provocar patologias no coração, rins, articulações e noutros órgãos.

 

Como em quase todos os assuntos relacionados com a saúde, a saúde oral não é exceção e a prevenção é a primeira "arma". Assim, na prevenção da cárie dentária temos três pontos fundamentais:

 

1 - Uma boa higiene oral

Neste ponto, é de particular importância a correta escovagem dos dentes, o uso de fio/fita dentária e a utilização de produtos de higiene oral com flúor. Vejam AQUI os cuidados a ter.

 

2 - O consumo moderado de açúcares

Evitar uma dieta rica em açúcares, pois estes são os mais "amigos" das cáries dentárias. Uma dica importante é dar a conhecer, o mais tarde possível, o sabor doce às crianças.

 

3 - A aplicação de selantes de fissuras

É um método de prevenção muito utilizado atualmente, sobretudo em crianças. Trata-se da aplicação de uma resina, com o objetivo de isolar as fissuras dos dentes face ao meio ambiente oral.

 

Além destas medidas, é importante estar atento e consultar o dentista de 6 em 6 meses, mesmo na ausência de queixas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:31

Perigos de ir para a cama sem lavar os dentes

por dicasdefarmaceutica, em 24.06.15

image.jpg

"Ir para a cama sem lavar os dentes é como ir para a cama com fezes na boca".

 

Li esta frase num artigo e, apesar de ser um pouco arrepiante, não resisti em partilhar convosco, falando mais uma vez da importância da saúde oral.

 

Cada vez que comemos, as bactérias que estão naturalmente na nossa boca, fazem uma festa e, após a refeição, os resíduos ácidos que se depositam nos dentes, são os grandes causadores das cáries e dos problemas nas gengivas. 

 

Se estivermos muito exaustos e não lavarmos os dentes uma noite, parece que não faz mal e, na realidade, não acontece tudo numa noite mas, se não se criar o hábito de que, seja em que situação for, lavar os dentes antes de dormir é uma prioridade, vai acontecer algo grave na nossa boca a curto ou a longo termo.

 

Escovar os dentes à noite é até mais importante do que durante o dia, pois à noite há menor produção de saliva e os dentes estão menos protegidos.

Além disso, convém ter o cuidado de evitar os doces à noite, pois os restos que podem ficar na boca são os alimentos preferidos das bactérias.

 

Esteja atento à cor da sua gengiva! A gengiva saudável é rosada e não sangra. Trata-se de um bom indicativo de que a escovagem está a ser bem feita. 

 

Habitue-se e habitue os mais novos a uma escovagem cuidada antes de dormir. Vai ver que é tão bom desmaiar na cama com a sensação de dentes limpinhos e cheirosos!

 

Consulte AQUI algumas dicas de Saúde Oral!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:03

Escovar os dentes com uma escova elétrica

por dicasdefarmaceutica, em 16.06.15

image.jpg

Há algum tempo que tinha curiosidade sobre a escovagem dos dentes com uma escova elétrica. Há cerca de um mês que estou a utilizar a Diamond Clean da Philips e estou rendida.

Tenho tendência para acumular placa bacteriana em pouco tempo e a minha dentista já me tinha aconselhado a escova elétrica mas, achando que a escova manual era suficiente, nunca tinha experimentado esta opção.

 

Segundo vários estudos, as escovas elétricas removem mais placa bacteriana e reduzem os riscos de gengivite de forma mais eficaz que as escovas de dentes manuais, a longo e a curto prazo.

 

A utilização da escova é muto fácil, no início faz um génro de cócegas, mas rapidamente nos habituamos àquela sensação.

A primeira vez carreguei a bateria 24 horas e, com uma única carga, tive cerca de três semanas sem ser necessário carregar.

 

Com uma tecnologia sónica patenteada, esta escova tem um temporizador que indica o tempo exato para escovar cada um dos quatro quadrantes da boca, além de desligar automaticamente após dois minutos de escovagem. Este é o tempo recomendado pelos especialistas mas, digam lá, alguém com uma escova manual, põe o cronómetro a funcionar? 

Esta função é particularmente importante nas crianças, pois assim criam o hábito de escovar os dentes durante o tempo correto.

Também alguns idosos, por dificuldade motora ou porque se cansam facilmente, podem beneficiar com esta tecnologia.

 

Agora que estamos quase de férias e que as viagens começam a acontecer, a Sonicare também está preparada para viajar, com um estojo impecável e com dois carregadores, um para tomada elétrica e outro via USB.

image.jpg

 Muito importante também é a versatilidade desta escova, dotada de três modos:

- Limpeza, para a limpeza diária (2 minutos).

- Limpeza e branqueamento, muito eficaz na remoção das manchas dos dentes (2 minutos de limpeza e 30 segundos de branqueamento). Dizem que branqueia até dois tons...

- Sensível, modo que limpa suavemente os dentes e as gengivas.

 

Ainda só experimentei o modo de limpeza, mas estou tentada a experimentar também o de branqueamento...depois digo o resultado.

 

Como acontece com as escovas manuais, esta deve ser limpa corretamente e as cabeças devem ser trocadas de 3 em 3 meses.

 

Aqui fica mais uma dica: experimentem escovar os dentes com uma Sonicare Diamond Clean e vão gostar de certeza!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:22

Dia Mundial da Saúde Oral

por dicasdefarmaceutica, em 20.03.15

image.jpg

 

Hoje é o Dia Mundial da Saúde Oral.

 

Aqui ficam algumas dicas importantes sobre a higiene oral:

- Escolher uma escova macia para não desgastar o esmalte e não traumatizar a gengiva.

- Escovar os dentes, pelo menos duas vezes por dia durante dois minutos, sempre com pasta dentrífica.

- A limpeza dentária antes de ir para a cama é fundamental, pois enquanto dormimos, a produção de saliva diminui e os dentes, se não forem lavados, ficam a sofrer a acção bacteriana durante a noite.

- Deve trocar a escova sempre que as cerdas estiverem danificadas ou de 3 em 3 meses.

- A escova deve ser guardada num recipiente com as cerdas para cima e sem capa protetora porque esta não permite a secagem completa da escova, promovendo um ambiente húmido, propício à multiplicação de bactérias.

- Utilizar fio ou fita dentária uma vez por dia antes da escovagem. Ao remover a placa bacteriana que se encontra entre os dentes, o fio permite que o flúor existente na pasta penetre mais eficazmente nos espaços inter-dentários.

- Utilizar elixir uma vez ao dia após a escovagem, pois o elixir só actua sobre as superfícies limpas e ajuda a resolver muitos problemas orais.

 

Consulte o dentista, lembre-se que a saúde oral é fundamental para a sua saúde geral e, além disso, o seu sorriso também agradece.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:58

6 Causas principais do mau hálito

por dicasdefarmaceutica, em 05.09.14

O mau hálito, também conhecido por halitose, pode ser um dos principais inimigos da nossa imagem; pode também indicar que existe algum desequilíbrio no organismo.

 

Hoje não vou falar das causas da halitose crónica, pois esta está frequentemente associada a alguma disfunção ou patologia, como sinusite, infecção na garganta, diabetes e outras doenças mais graves e tem que ter um acompanhamento médico para diagnóstico e tratamento.

 

6 CAUSAS PRINCIPAIS DO MAU HÁLITO

 

1 - Higiene oral incorreta

Para fazer uma higiene oral perfeita deve: escovar os dentes no mínimo duas vezes ao dia, utilizar fio ou fita dentária e bochechar com elixir pelo menos uma vez ao dia.

 

2 - Consumo de alguns alimentos

Todos sabemos que o hálito provocado pelo consumo de alho e de cebola não é nada agradável, devido ao odor carregado destes alimentos. Existem, no entanto, outros alimentos ricos em gorduras e condimentos que têm o mesmo efeito. Para aliviar este mal, existem alguns sprays à venda nas farmácias, apropriados para a halitose

 

3 - Não tomar o pequeno-almoço

O jejum prolongado favorece a formação de corpos cetónicos, que são eliminados através da via oral, provocando mau hálito.

 

4 - Fumar e/ou beber álcool

Os fumadores têm mau hálito devido ao odor do tabaco e também devido à redução de fluxo salivar provocado pelo mesmo. As bebidas levam à desidratação da mucosa oral, provocando também halitose.

 

5 - Beber pouca água

Beber pouca água ao longo do dia, diminui o fluxo salivar, facilitando a halitose.

 

6 - Falta de tratamento dentário

As cáries e outras patologias dentárias provocam mau hálito.

 

O médico dentista é a pessoa indicada para fazer o disgnóstico e tratamento da halitose.

 

Se só tem mau hálito ocasional, mas isso o incomoda, aconselhe-se na sua farmácia sobre os produtos (pastas, elixires, escovas, sprays, etc...) adequados para o seu caso. Não deixe que a halitose comprometa o seu dia-a-dia!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30

Está na hora de lavar os dentes

por dicasdefarmaceutica, em 02.06.14

A higiene oral é a principal medida de prevenção das doenças dentárias. Ao ler as notícias reparamos que, em Portugal, os estudos feitos nesta área revelam números assustadores:
• Mais de 20% dos adolescentes não lava os dentes diariamente.
• 13% Nunca foi ao dentista
• Mais de 40% dos que já foram ao dentista foram motivados por dor e problemas dentários.
• Só 4% usam fio dental.

ESCOVAGEM:
A finalidade da escovagem é a remoção da placa bacteriana e os restos alimentares e ainda massajar as gengivas para as tonificar.
O escovar os dentes tem que se um hábito e deve ser feito com tempo. O fator mais importante durante a escovagem é que todas as superfícies dentárias sejam contempladas durante cada sessão de limpeza. A maioria das pessoas concentra a escovagem na parte externa dos dentes, esquecendo-se frequentemente da interna.

Não existem regras rígidas sobre a frequência de escovagem dos dentes, sendo a eficiência da escovagem muito mais importante do que a sua frequência. Idealmente, os dentes devem ser lavados após as principais refeições, o que se torna um pouco difícil na vida atual. A escovagem duas vezes ao dia, de manhã e à noite, já é considerada razoável. A escovagem antes de deitar é a mais importante, pois durante a noite o fluxo salivar está diminuído e por isso, os dentes estão menos protegidos.

Face à enorme variedade de escovas existentes no mercado, o farmacêutico deve ser capaz de aconselhar qual a escova que melhor se adapta às características do utente, com exceção de pessoas com patologias buco-dentárias que requerem o conselho especializado do dentista ou do higienista oral. As escovas macias ou médias são sempre a melhor opção.
É aconselhável mudar de escova de três em três meses ou antes, se os filamentos se deformam ou caem.
Algumas pessoas preferem as escovas elétricas , que imitam os movimentos de uma escovagem normal.

FIO DENTÁRIO
O uso do fio dentário é o método mais recomendado para a limpeza dos espaços interdentais e deve ser uma prática comum. Existem vários métodos e várias alternativas. Eu prefiro sempre os instrumentos de ajuda, como o "easy flossers" da Gum; o importante é habituarmo-nos a fazer este gesto diário antes da escovagem.


Num próximo post, voltarei a falar de higiene oral, relativamente aos produtos utilizados, nomeadamente pastas e colutórios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:03

Dia Mundial do Sorriso

por dicasdefarmaceutica, em 28.04.14

Sabia que "rir é o melhor remédio"? O riso não necessita de receita médica e é de graça.
Há dias para tudo, e hoje, 28 de Abril, é o dia Mundial do Sorriso.

Cada vez mais, toda a gente se preocupa em ter um sorriso bonito mas, o importante mesmo, é que o sorriso, além de bonito, seja saudável.

Assim, aqui ficam algumas dicas para ter um sorriso bonito e saudável:
- Escovar os dentes todos os dias, após as refeições e também uma última vez antes de dormir. Utilizar uma escova com cerdas macias e uma pasta dentífrica com flúor.
- Utilizar fio ou fita dental, pelo menos uma vez ao dia. Se doer ou sangrar, continuar a passar o fio, de modo a tornar as gengivas mais resistentes. No meu caso, como me sentia desconfortável na utilização de fio dental, optei por uns descartáveis da marca Gum (existem de outras marcas), que se chamam "Easy-flossers", com flúor e Vitamina E; a utilização é muito cómoda, pois têm um cabo ergonómico, conseguindo fazer-se a passagem do fio em todos os dentes.
- Utilizar Elixir, que ajuda a eliminar bactérias e resíduos alimentares, que nem sempre são completamente removidos com a lavagem dos dentes; também são muito utilizados para combater o mau hálito. Deve ser utilizado duas vezes ao dia, de manhã e à noite.
- Manter uma alimentação saudável, controlando a ingestão de açúcares, principalmente entre as refeições. Beber muita água.
- Deixar de fumar.
- Renovar as obturações e coroas, as quais se desgastam com o tempo; um dente rachado, pode ser uma porta de entrada de bactérias.
- A partir dos 50 anos, a perda óssea é uma das principais razões para as pessoas perderem os dentes, daí a importância de um especial cuidado na ida às consultas, a partir desta idade.
- Ir ao dentista regularmente.

E, sabia que, quem sorri, vive mais? Então, hoje e sempre, sorria!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:21

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Julho 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog