Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




BB5B1C95-8B7B-4FF9-8FBB-25D772EBA762.jpeg

 

Parece mentira, mas temos mesmo que andar atentos, infelizmente atentos a tudo, até àquilo que achamos que é impossível alguém se aproveitar e enganar tudo e todos. Estou a falar do escândalo dos últimos dias sobre a associação sem fins lucrativos “Raríssimas”. “Sem fins lucrativos” parece que é uma frase que não se aplica a este caso, pois houve alguém, de nome Paula Brito Costa, que lucrou bastante com a dita associação. 

 

Não gosto nada de falar de assuntos desta natureza, mas dado que referi várias vezes esta associação aqui no blog, achei oportuno fazer referência a esta triste notícia. Referi noutros posts que o nome "RARÍSSIMAS" (Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras) refere-se a uma associação cujo lema é: "Existimos porque há pessoas raras, com necessidades raras”. Trata-se de um lema e de uma causa muito nobre, isso não tenho qualquer dúvida. Tenho também a certeza que a grande maioria das pessoas que trabalha nesta associação são pessoas de bem e que tudo fazem para tornar a vida daqueles doentes mais fácil, mais feliz e com menos sofrimento.

 

A primeira vez que ouvi o nome desta associação foi através de uma sua representante num almoço de mulheres empresárias. Após breves palavras, fiquei fascinada com a causa e como eu, muita gente ficou com vontade de ajudar e de divulgar esta “Casa dos Marcos”, situada na Moita.

Parece que não fui a única enganada, muito boa gente se fascinou com a ideia de ajudar esta associação, presidida por uma “senhora” tão simpática. A “senhora” parece ter enganado todos, desde ministros, rainhas, o Santo Padre, o Sr. Presidente da República e até a Sra. Bastonária da minha Ordem (dos farmacêuticos)! Contactos eram o seu ponto forte e, pelos vistos, a sua “capa” para roubar o dinheiro de todos nós. No final, ainda “levantava o troféu”...

 

7133709C-0B47-430E-A1F6-A65F15B90800.jpeg

 

“Para os maus vencerem basta que os bons não façam nada”. Foi esta a frase de quem teve a coragem de fazer denúncia deste caso. Verdade! Muito obrigada!

Para a jornalista Ana Leal que conduziu esta investigação, vai também o meu agradecimento pela persistência e vontade de divulgar este caso. Isto sim, é jornalismo.

 

E agora? O que vai acontecer? Nós ficamos aqui a aguardar que seja feita justiça. Os “outros”, aqueles que comandam a “geringonça”, vão “avaliar os factos e agir em conformidade”...

 

Independentemente de tudo, não nos devemos arrepender de ajudar. Quem deu algum donativo para esta associação, deve pensar que foi para ajudar a melhorar a vida de algum doente com uma doença rara e esquecer que pode ter sido para algum vestido da Karen Millen ou para ajudar a pagar a prestação de um BMW topo de gama. 

Tudo isto foi feito durante vários anos porque foi permitido. Isto sim, é muito preocupante  e permite-nos concluir que a “geringonça” continua a funcionar mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

  Pesquisar no Blog