Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Malária em São Tomé

por dicasdefarmaceutica, em 29.12.16

image_2016-12-29_17-12-07.jpeg

Foi na madrugada do dia de Natal que um jovem de 27 anos, tripulante da TAP, morreu vítima da Malária, doença também conhecida por Paludismo. 

Tem sido notícia desde esse dia e impressiona todos, pois parece-nos que já não se morre com esta doença. Quem visita o país, apercebe-se que a Malária continua a ser tema de conversa dos habitantes e dos visitantes de São Tomé. Por isso mesmo, em Fevereiro, quando visitei esta ilha maravilhosa, fiz um post sobre este assunto (ver AQUI).

 

O que correu mal neste caso?

Primeiro e como é habitual, os tripulantes das companhias que voam para zonas endémicas com frequência, não fazem a prevenção com medicamentos, pois esta é desaconselhada para longos períodos. Além disso, nem sempre sabem com muita antecedência quando vão voar para essas zonas. 

Mais grave do que isso, perante os sintomas e apesar da possibilidade de ser Malária, dadas as condições de ter viajado para São Tomé, foi-lhe diagnosticada uma gripe. Parece que a hipótese de ter contraído Malária não se colocou...

Azar dos azares, o tripulante apanhou a forma mais grave da doença, a Malária cerebral, que afeta o sistema nervoso e a atividade pulmunar, renal e metabólica.

 

Convém não esquecer que há dez anos, a Malária era a doença que mais matava em São Tomé. Neste momento, os avanços a nível da prevenção foram muitos, mas ainda está longe de ser erradicada. 

Por isso mesmo, para quem pretende visitar São ToméA PREVENÇÃO É ORIGATÓRIA! 

 

Esperemos que os inquéritos que estão a decorrer sobre este caso sejam conclusivos, sobretudo para prevenir situações similares. 

Será que a prevenção não se justifica também para os tripulantes das companhias de aviação? Parece que algumas já o fazem...

Não seria normal pôr a hipótese deste jovem ter contraído Malária, ao invés de lhe receitarem medicamentos para uma gripe?

 

A taxa de mortalidade por malária caiu quase 30% desde 2010, mas em 2015 ainda morreram 429 mil pessoas em todo o mundo por causa da doença, segundo o relatório anual da Organização Mundial de Saúde sobre o paludismo, divulgado este mês.

 

Façam muitas viagens, mas tenham a palavra PREVENÇÃO como a vossa palavra-chave em termos de saúde pelo mundo!

Quem não gostaria de visitar esta ilha fantástica? Aqui fica mais uma imagem da minha viagem a São Tomé:

image_2016-12-29_18-02-07.jpeg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49

Imagens

Algumas das imagens presentes no blog são retiradas da Web. Na impossibilidade de as creditar corretamente agradeço que, caso alguns dos autores não autorize a sua publicação, entre em contato, para que as mesmas sejam retiradas de imediato.

Termo de responsabilidade

A informação contida neste blog não substitui o aconselhamento médico ou farmacêutico. O objetivo do blog, é informar sobre vários assuntos ligados à saúde em geral, e à farmácia em particular. Os vários temas são abordados de uma forma não exaustiva, acessível ao público em geral.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Filipa a 04.02.2017 às 14:52

A contar os dias para ir para São Tomé. E para começar a fazer a prevenção, claro.
Oxalá não haja mosquitos "maus" para nos chatearem...
:)
Imagem de perfil

De dicasdefarmaceutica a 04.02.2017 às 18:57

Boa viagem Filipa! Vai adorar...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog